Repórter da Globo, Susana Naspolini está afastada para tratar câncer

Sérgio Zalis/ TV GloboSusana Naspolini é repórter do "RJ Móvel", que vai ao ar no "RJ TV 1ª edição", na Globo

de
  • Sérgio Zalis/ TV Globo
    Repórter da Globo, Susana Naspolini está afastada para tratar câncer
    Susana Naspolini é repórter do “RJ Móvel”, que vai ao ar no “RJ TV 1ª edição”, na Globo

     

Susana Naspolini, repórter do “RJ TV”, da Globo, está afastada do telejornal para tratar um câncer da mama.

De acordo com a assessoria de imprensa da emissora, ela está bem e a previsão é que volte ao trabalho em outubro.

Larissa Schmidt substitui Susana no quadro “RJ Móvel”, em que a repórter visita comunidades cariocas, ouve os moradores sobre os problemas locais e cobra soluções das autoridades.

Em março, Naspolini, 43 anos, contou de onde tira força para encarar as dificuldades da vida.  A jornalista, que ficou viúva, em 2014, do apresentador e narrador esportivo Maurício Torres, já enfrentou um linfoma, aos 18 anos, um câncer da mama e um na tireoide, em 2010.

“De Deus! Ele me colocou numa família maravilhosa e esteve ao meu lado em todos os momentos, sempre me fazendo acreditar que tudo daria certo. Rezo muito e tenho muita fé. Problemas fazem parte da vida. Vamos enfrentá-los e seguir em frente, sempre!”, disse.

Em seu perfil do Facebook, Susana tem recebido muitas mensagens de telespectadores e amigos dizendo que sentem falta dela na TV.

“Meus queridos, tô emocionada aqui com as mensagens de vocês! Coração apertado! Muitas saudades… Louca pra voltar. Obrigada mesmo pelo carinho! Esse é o melhor remédio! Beijão em todos!”, escreveu.

Com um estilo popular de apresentar o quadro no “RJ TV”, Susana conquistou um público pela forma descontraída e criativa de gravar suas matérias. Para comemorar uma obra concluída, a repórter costuma ganhar bolo e café da manhã dos moradores das comunidades que visita.

Você vai curtir