DestaquesNotícias

Paulo Gustavo morre aos 42 anos após complicações da Covid-19

O ator e humorista Paulo Gustavo morreu no Rio nesta terça-feira (4), aos 42 anos, de complicações da Covid-19.
Criador do sucesso “Minha Mãe É Uma Peça“, Paulo foi internado num hospital particular do Rio de Janeiro no dia 13 de março e, uma semana depois, foi encaminhado à UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e entubado devido à piora no seu quadro de saúde.

A piora no quadro de saúde do ator aconteceu na noite de domingo (2). Paulo Gustavo vinha apresentando melhoras significativas, chegou a ter redução de sedativos e bloqueadores e interagir com médicos e também com o marido, Thales Bretas.

À noite, no entanto, sofreu uma embolia pulmonar.

Paulo Gustavo ganhou visibilidade no teatro com a peça ‘Surto’, em 2004. Mas, foi dois anos depois com Dona Hermínia no espetáculo “Minha Mãe é uma Peça“, monólogo de sua autoria e inspirado em sua mãe, que se tornaria seu maior sucesso. O sucesso foi tanto, que a obra ganhou adaptação para o cinema em 2013 e uma continuação em 2016. O primeiro filme da franquia se tornou o mais assistido no país daquele ano, com mais de 4,6 milhões de espectadores. Já a sequência também bateu recorde, tornando-se o quarto filme mais assistido da história do país.

Paulo Gustavo se casou com o médico Thales Bretas em 2015. Após um processo de barriga de aluguel feito nos Estados Unidos, eles se tornaram pais de Romeu e Gael, de 1 ano de idade.

Publicidade

Você vai curtir!

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios