Mãe de Ludmilla revela sucesso nos palcos antes de a filha ficar famosa

por

A mãe da cantora Ludmilla chamou atenção recentemente ao aparecer toda produzida ao lado da filha em uma foto no Instagram. A genética foi logo citada para explicar o corpão, mas o UOL descobriu que Silvana Oliveira, de 42 anos, teve uma profissão que a ajudou bastante a manter tudo no lugar: dançarina. “Gente… É verdade! Fui passista da Grande Rio e cheguei a trabalhar como mulata em vários espetáculos de samba nas mais tradicionais casas noturnas do Rio. Foram 15 anos de shows.” De família de sambistas de Duque de Caxias, Silvana tinha 17 anos quando foi convidada para participar do Golden Brasil, um show de mulatas que acontecia no Scala Leblon, zona sul do Rio, comandado por Watusi, atriz brasileira que foi vedete do Moulin Rouge, o famoso cabaré parisiense. “Era menor de idade e a minha mãe teve até que assinar uma autorização. Mas ninguém desconfiava da minha pouca idade porque eu era grandona, tinha corpo”, explica. Aos 20 anos, Silvana deu à luz a Ludmilla e ela continuou trabalhando por um tempo. “Viajei pelo Brasil todo, não cheguei a ir para fora, mas quando ela tinha uns 12 anos, larguei tudo
Depois vieram Luane, de 18 anos, e Yuri, de nove. Silvana não nega suas raízes e assume que não resiste ao som do repique, tamborim e surdo. “Gosto de dançar tudo, mas samba é comigo”, conta ela, que dá aulas para a filha famosa
O papel se inverte quando o ritmo é o funk e ela diz se torna aluna aplicada. “Danço direitinho. Menos o passinho que eu não aprendo de jeito nenhum. É difícil. O quadradinho eu já faço”, conta.

Você também vai curtir