Televisão

Henri Castelli reclama do estereótipo por conta do olho claro: “Posso fazer um cara pobre”

henri-bNo ar como o vilão Gabo, de ’I Love Paraisópolis’, Henri Castelli disse que está cansado de viver sempre os personagens ricos. O ator, que ficou marcado por viver vilões ambiciosos como Estevão, de “Cobras e Lagartos” (2006) e o Jorge Junqueira de “Como uma Onda” (2005), disse que nasceu na periferia e que gostaria de viver personagens diferentes.

“Tenho vontade de fazer vários tipos de personagens, que não se limite a ‘ah, o cara tem olho claro, só pode fazer papel de rico’. Posso fazer um cara pobre também! Não pode ser! Eu não nasci rico, nasci pobre, no subúrbio de São Bernardo, no meio de comunidade. Nasci com o olho claro, mas nunca tive berço de ouro. A minha realidade é totalmente diferente do que me olham, sou mais favelado do que qualquer um nessa novela”, disse o ator em entrevista .

Henri Castelli também contou que apesar de não aprovar a atitude d seu personagem na trama das 19h, torce para que ele alcance um de seus objetivos. “Desde o começo ele não mede esforços para conseguir o que quer. Beira a sociopatia, por que ele não tem culpa ou remorso do que faz. Agora, no final, não sei o que vai acontecer, mas acredito que ele volte para a Pilartex e dê uma rasteira no Dom Peppino (Lima Duarte)”, disse ele.

Publicidade

Você vai curtir!

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios