Música

Eddy Júnior lança o EP “Meus Contos” falando sobre racismo e superação

Publicidade

Após o caso recente de racismo, o cantor e influencer Eddy Júnior lança seu primeiro EP trap como forma de desabafo sobre os acontecimentos, o artista transformou os sentimentos e a situação que está passando no momento, em um projeto com quatro faixas. O EP “Meus Contos” foi lançado nesta quarta-feira (26) em todas as plataformas digitais, via ONErpm.
São quatro faixas na sonoridade de trap, “Olhos Abertos”, “Capitão”, “Predestinado” e “4001”, sendo esta última faixa principal do EP. “Por tudo que passei nesses dias, eu decidi compor sobre isso nas minhas letras, quero passar a mensagem de que nunca podemos desistir e abaixar a cabeça por nada e ninguém, acreditar em nossos sonhos e em nossa arte”, conta o cantor.

Eddy é conhecido na internet pelo seu trabalho nas redes sociais e YouTube, e com o avanço do TikTok e crescimento do Instagram, foi se tornando cada vez mais conhecido não só no meio Gospel, mas em todo o Brasil. Hoje, o artista de 27 anos possui mais de 4 milhões de seguidores nas plataformas.

Conectado com a música desde criança, Eddy toca bateria, piano e guitarra, e pretende vir com novos álbuns em breve. “Temos que seguir acreditando que vai dar certo e que já somos abençoados, é só questão de tempo para tudo acontecer, tudo coopera para bem, até em um momento ruim”, comenta.

O artista sofreu um caso de racismo na última semana, onde foi alvo de ofensas racistas por sua vizinha, a aposentada Elisabeth Morrone, dentro do condomínio onde mora, em São Paulo. Diversos artistas e ativistas prestaram apoio a Eddy nas redes sociais, como Paulo Vieira, Daniela Araújo, Yuri Marçal, Paulo César Baruk, Lázaro Ramos, entre outros.

Publicidade

Você vai curtir!

Botão Voltar ao topo
rfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-slide