Televisão

Lee critica falta de diversidade no “MasterChef”: “Filhos de classe média”

  • Divulgação/Band

    Lee critica falta de diversidade no "MasterChef": "Filhos de classe média"

O médico taiwanês Lee Fu Kuang criticou a falta de diversidade entre os concorrentes que continuam no “MasterChef Brasil”, comparando a competição culinária ao Oscar.

“As pessoas que entendiam a minha linguagem foram embora: o Guilherme, o PM (Rodrigo). Ainda tem a Gleice, mas agora estou no meio de filhos de classe média. Muito branco, é igual ao Oscar”, reclamou o participante em depoimento durante a prova de eliminação desta terça-feira (14).

A observação veio depois que a chef Paola Carosella questionou o que havia acontecido com o projeto de reaproveitamento de alimentos, apresentando por Lee na estreia do programa.

Lee disputou a eliminação da noite contra Vanessa, que acabou eliminada. O médico foi advertido por Paola. A chef pediu que ele não se esquecesse do propósito que o levou a conseguir uma vaga no “MasterChef”. “Sou apenas um cachorro velho, aprendendo truques novos”, respondeu o concorrente.

A postura fez com que o participante Pedro criticasse Lee. “É muita lábia e pouco prato”, disse

Publicidade

Você vai curtir!

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios