Marcelo Rezende diz que filho de Datena não assiste programa do pai

Marcelo Rezende disse, durante o "Cidade Alerta" desta quinta-feira (2), que Joel Datena, filho do seu concorrrente José Luiz Datena, não assiste o programa policial do pai, na Band.

de

Marcelo Rezende disse, durante o “Cidade Alerta” desta quinta-feira (2), que Joel Datena, filho do seu concorrrente José Luiz Datena, não assiste o programa policial do pai, na Band.

“Eu queria falar uma coisa. Queria mandar um abraço para o Joel Datena, filho de Datena, que assiste o ‘Cidade Alerta’. Ele levou uma bronca [do pai]. Aí o pai me liga e me diz ’em vez de me assistir, ele assiste a você, vou mandar para a sua casa’. Eu disse ‘não precisa, não, deixa na sua’. Mas o garoto é um amor de pessoa. O pai também é ótimo, é o meu amigo, mas um pouco doido”, disse o apresentador do “Cidade Alerta”, em tom de brincadeira.

Rezende repercutiu uma situação que ocorreu no dia 7 de março, quando Datena deu uma bronca ao vivo no filho, ao sugerir que Joel Datena havia assistido o programa do concorrente.

Dateninha, como também é conhecido o filho de Datena nos bastidores, é apresentador de um programa policial na afiliada da Band em Goiás e substituto natural nas folgas e nas férias do pai no “Brasil Urgente”, da Band, em São Paulo.

Embora sejam oficialmente “amigos”, José Luiz Datena e Marcelo Rezende já trocaram alfinetadas no ar. Em maio do ano passado, por exemplo, o jornalista da Band ficou irritado depois que uma reportagem foi exibida pelo “Cidade Alerta” como exclusiva. A reportagem em questão referia-se a um vigilante de uma agência bancária que atirou em si mesmo, em São Paulo. O detalhe é que Datena já havia mostrado essa mesma reportagem em duas ocasiões anteriores. Além de Record e Band, Globo e SBT também estavam presentes no local.

“Há cerca de 40 minutos, eu mostrei aqui um assalto a banco em Osasco [na Grande São Paulo]. Faz quase 40 minutos. É quase um dia inteiro.  E os caras estão dando agora como ‘exclusivo’. Se isso é jornalismo?! Quem tá falando que é exclusivo é um mentiroso. Isso aí não é exclusivo de forma nenhuma”, disse Datena, que confundiu assalto com a tentativa de suicídio de um vigia. “Isso não é exclusivo coisa nenhuma”, acrescentou durante o “Brasil Urgente”.

Após mostrar a reportagem, Datena voltou a comentar. “Isso não é exclusivo porcaria nenhuma. Exibimos duas vezes. Quem disse que é exclusivo está mentindo. Quem quiser resolver, da forma que quiser resolver, onde quiser resolver, é só marcar para encontrarmos que resolvemos, do jeito que quiser”, exclamou o âncora da Band.

Você vai curtir