Mulheres

Modelos da Kmarote são vítimas de sexismo durante ensaio para a Copa e protestam

Publicidade

As modelos da plataforma Kmarote, Lucy Hauted, Estrella Lis, Kel, Bruna Carlos, Rangel Carlos, Eleonora Cardone e Dracarys, foram vítimas de sexismo enquanto fotografavam -vestidas- na praça da Luz, em Florianópolis.

Um homem que se apresentou como servidor público, abordou o grupo enquanto as modelos eram fotografadas, com a justificativa de que, eles precisavam de autorização da prefeitura para fotografar no local. Revoltados, equipe e modelos discutiram com o homem, e fizeram o material enquanto o mesmo acionou a polícia, que não chegou ao local.

“Foi constrangedor ter aquele homem ali, o tempo todo, fazendo ameaças e nos ofendendo. Ele ficou aguardando a polícia chegar e tentando nos impedir de fotografar, e a todo momento tentava nos intimidar com olhares e palavras. Crime de sexismo, machismo, abuso de autoridade. Uma praça pública, feita com dinheiro do povo, e a prefeitura fiscalizar quem pode ou não ser fotografada nela? É absurdo. Outras pessoas que estavam no local nos incentivaram a continuar, inclusive mulheres”, relatou Rangel Carlos.

Em resposta aos abusos cometidos pelo então funcionário público, as modelos protestaram tirando a roupa no meio da praça, e posaram para as fotos vestindo apenas calcinha e a camisa do Brasil.

Publicidade

Publicidade

Fotos: Divulgação/Perfil II Comunicação

Você vai curtir!

Botão Voltar ao topo
rfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-slide