DestaquesNotícias

Rapper Edi Rock é acusado de estupro por influenciadora digital

A influenciadora digital Juliana Thaisa usou as redes sociais para acusar o rapper Edivaldo Pereira Alves, de 51 anos, mais conhecido como Edi Rock, de estupro. Juliana divulgou prints e vídeos no Instagram, na noite desta terça-feira, para fazer a denúncia. O caso está repercutindo nas redes sociais.

Juliana Thaisa é influenciadora digital e tem mais de 20 mil seguidores no Instagram, onde dá conselhos sobre sexualidade. Ela postou uma sequência de textos nos Stories relatando ter sofrido abuso sexual por parte do cantor. “Tô cansada de pedir ajuda pra mídia, cansada de ver todos os processos de violência que eu tenho arquivados. Não teve um, um sequer, que o agressor foi responsabilizado. Eu fui invalidada em todos os processos”, escreveu.

A influenciadora também postou uma série de vídeos e prints das câmeras de segurança de seu prédio e das conversas trocadas entre ela e o rapper. Além de prints de quando pediu socorro para a irmã por meio de um aplicativo de mensagens. “Eu só tenho duas mãos, uma eu usei pra tentar segurar aquele nojento, e a outra pra segurar minha calça que ele tentava abaixar. Queria o que? que eu tivesse filmado? Eu não pude nem gritar pra não acordar minha filha e traumatizá-la. Inferno!”, disse.

Via meiahora.com.br –

Publicidade

Você vai curtir!

Botão Voltar ao topo