Famosos

Não é só no Brasil: Timberlake faz selfie na urna ao votar e pode ser preso

  • Reprodução/Instagram/justintimberlake
    Não é só no Brasil: Timberlake faz selfie na urna ao votar e pode ser preso
    Justin Timberlake faz selfie com a urna de votação

    Não é só no Brasil que os eleitores podem ter problemas com a lei ao tirarem selfies com as urnas de votação. O postar Justin Timberlake está sendo investigado no estado do Tennessee, nos Estados Unidos, por ter feito uma selfie com a urna.

Timberlake, de 35 anos, publicou a foto na segunda-feira (24) e disse na legenda que ele havia viajado de Los Angeles para Memphis, sua cidade de origem, para participar de votação antecipada, antes do pleito de 8 de novembro.

A imagem, já apagada do Instagram do cantor, era acompanhada de uma legenda para incentivar os fãs a votar (nos EUA, o voto não é obrigatório). “Sem desculpas, minha boa gente. Pode haver votação antecipada na sua cidade também. Se não, 8 de novembro! Escolha ter uma voz. Senão, nós não podemos te escutar. Saia e vote”.

O problema para Timberlake é que a lei do Tennessee proíbe eleitores de fazerem vídeos ou tirarem fotos no interior de centros de votação.

A procuradoria no condado de Shelby disse nesta terça-feira que estava ciente da possível violação da lei e que avaliava o assunto. Uma pessoa condenada pela infração pode ser condenada a até 30 dias de prisão e multada em 50 dólares, segundo o órgão.

À revista “Hollywood Reporter”, o porta-voz do Secretário de Estado do Tennessee afirmou que as autoridades estão muito felizes que Justin “não consegue conter sua emoção” (uma referência à música “Can’t Stop This Feeling”), mas lembrou aos eleitores de usar seus celulares apenas para auxiliarem na votação.

*Com informações da agência Reuters

Publicidade

Você vai curtir!

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios