“Virei peoa”, brinca Marlene Mattos sobre nova missão em fazenda no Sergipe

Reprodução/Instagram/@marlenemattos51No final de abril, Marlene fez 66 anos e ganhou um bolo de sua equipe da fazenda

por
"Virei peoa", brinca Marlene Mattos sobre nova missão em fazenda no SergipeNo final de abril, Marlene fez 66 anos e ganhou um bolo de sua equipe da fazenda

Por enquanto o glamour e magia da televisão estão fora dos planos de Marlene Mattos. Depois de uma tentativa malsucedida de retorno à direção de um canal fechado no ano passado, a ex-diretora aceitou o convite para ser se tornar administradora de um complexo de lazer de uma zona rural, em Aracaju, Sergipe. “Virei peoa”, brinca Marlene sobre a sua nova função desde o início do ano.

Apesar de não ser a proprietária da Fazenda Boa Luz, Marlene é quem manda e mantém tudo sob o controle tal como fazia na época de diretora executiva de vários programas nas principais emissoras brasileiras. “Tenho carta-branca do Marreco (empresário carioca Marreco Fernandes), um amigo que comprou esse espaço e disse que eu poderia realizar tudo que tivesse vontade. É exatamente isso que pretendo fazer”.
Com 700 hectares, o complexo tem um hotel com atualmente 50 chalés, quatro restaurantes de comidas típicas nordestinas, um haras, um zoológico, uma fábrica de cachaça, um pesqueiro e um parque aquático de piscinas com ondas. Marlene quer transformar o local em um destino certo para férias no Nordeste. “Eu sou movida a desafios. Quando eu recebi o convite, pensei primeiro ‘o que eu vou fazer em uma fazenda?’ mas, resolvi ver o que me esperava. Gostei e vi logo o potencial fantástico de tudo isso aqui e vi um cenário ideal para o que eu quero ainda criar. Quero transformar isso aqui em um sucesso, um empreendimento de sucesso”, assume Marlene .
Há um mês direto morando na fazenda -semana que vem ela vem ao Rio para ver o seu apartamento na Barra –  Marlene conta que acorda 6h da manhã todos os dias, comanda uma equipe com 80 funcionários e que já tem alguns planos a longo prazo na cabeça: montar uma fazendinha para crianças e um projeto de equoterapia para pessoas com problemas motores. A curto prazo, ela já está as voltas com a festa de São João em três finais de semana de junho e uma colônia de férias para julho.

Reprodução/Instagram/@marlenemattos51

"Virei peoa", brinca Marlene Mattos sobre nova missão em fazenda no Sergipe

O Hotel Fazenda Boa Luz tem 700 hectares e fica a 20 minutos de Aracaju

“A vida aqui não é fácil no quesito demanda de trabalho porque volta e meia surge um problema ou com a piscina, ou com um cavalo, ou com um chalé, mas tem aquela coisa de viver no mato, do silêncio e da tranquilidade, mas a inquieta aqui sou eu. Tenho um espírito inquieto e vivo planejando as coisas, montando as coisas”, admite Marlene que completou 66 anos no final de abril e entregou qual  foi a primeira coisa que fez ao chegar no fazenda.

“Comprei 200 pintinhos amarelinhos. Vi cabras, tartarugas, zebras e não vi pintinhos !! Achei estranho e parti para Itabaiana. Comprei tudo”, completa Marlene que não falou sobre a ursa Xuxa, a fêmea do casal de ursos da Fazenda.
Apaixonada por televisão – ainda mantém o hábito de assistir todos os telejornais, reality shows, séries e programas de auditórios – Marlene não descartou voltar a trabalhar com televisão. “Não tem ‘nunca mais’ na minha vida Nunca mais é uma noite que não amanhece. Volto sim a fazer televisão se for uma coisa muito desafiante, muito interessante. Quem sabe?”, diz Marlene que admitiu estar gostando da experiência como administradora
“Eu trabalho comigo mesma essa coisa de felicidade. A minha dose de felicidade está comigo. Tem coisa na vida que me deixa mais feliz do que estou, claro. Te digo uma coisa: Nunca fui infeliz. Já fiquei triste em alguns momentos e em algumas situações. No resumo de tudo, eu me sinto feliz e realizada.”

Você também vai curtir