Televisão

Após homenagem do “Tá no Ar” à “Praça é Nossa”, Globo libera Melhem ao SBT

  • Reprodução /TV Globo

    Após homenagem do "Tá no Ar" à "Praça é Nossa", Globo libera Melhem ao SBT5.abr.2016 – Carlos Alberto de Nóbrega participa do “Tá no Ar”

Marcius Melhem diz que sabia que a homenagem que o “Tá no Ar” fez para Carlos Alberto de Nóbrega e a “Praça é Nossa” iria “fazer barulho”. O humorista do SBT ganhou um especial no último episódio da terceira temporada do programa, exibido na noite desta terça-feira (5), na Globo, e se tornou um dos assuntos mais comentados no Twitter no mundo.

Após a repercussão, Melhem revelou nesta quarta-feira (6) que também poderá participar do humorístico da emissora concorrente. “Estou liberado para ir na ‘Praça’ também.  Quando o convite foi feito ao Carlos Alberto, eu avisei a Globo que poderia ser que ele pediria para eu ir lá também, e o [Carlos Henrique) Schroder, diretor geral da TV Globo, já liberou”, adiantou o ator aos jornalistas durante o lançamento da nova temporada do “Zorra”, no qual ele é um dos roteiristas.

Na sátira do “Tá no Ar”, Carlos Alberto aparece sentando num banco de praça lendo o seu jornal tranquilamente quando de repente é surpreendido pela Velha Surda, interpretada por Melhem. Surpresa com a presença de Carlos Alberto, a lendária personagem da “Praça” questiona o humorista do SBT. “Carlos Alberto, o que você está fazendo aqui? Esta praça não é sua”, diz a Velha Surda. “Eu sei, mas a senhora sabe que eu sou chegado em um banco de praça. Fui convidado e vim”, responde Carlos Alberto com um sorriso no rosto. A “Velha Surda da Globo” também citou a família Abravanel e Raul Gil.

“A gente sabia que ia dar um barulho danado. Não foi à toa que guardamos para este último programa, que a gente queria falar sobre amizade. O Carlos Alberto é um amigo que ganhei há alguns anos.  Mesmo quando o ‘Zorra’ concorria com ‘Praça’, a gente se falava antes do programa, depois do programa e as pessoas nem sabem disso. A admiração não tem fronteira. E a gente brincava muito um com o outro. Não é porque a gente é concorrente que a gente é inimigo. Tem espaço para todo mundo”, conta Melhem.

O ator lembra que o convite para levar Carlos Alberto surgiu durante uma esquete do programa, em que Melhem já havia imitado a Velha Surda. “Eu já tinha brincado com ela num trechinho pequenininho do ‘Tá no Ar’. Ali eu pensei que podia fazer essa velha de novo.  Quando surgiu a ideia da gente fazer o último programa sobre união, sobre as pessoas conviverem em harmonia, pensei em trazer o Carlos Alberto e levamos (a proposta) para o Schroder. Eu fui cheio de argumentos, mas no primeiro minuto ele topou. Liguei pro Carlos Alberto, que pediu ao Leon Abravanel”, explica.

 

Publicidade

Você vai curtir!

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios