Filme sobre Nise da Silveira com Glória Pires estreará no Festival do Rio

  • Divulgação/Facebook

    Filme sobre Nise da Silveira com Glória Pires estreará no Festival do RioGlória Pires aparece caracterizada como a doutora Nise da Silveira em cena do filme “Nise – Coração da Loucura”, de Roberto Berliner

A organização do Festival do Rio anunciou nesta terça-feira (1º) os filmes selecionados para a Première Brasil, mostra competitiva de cinema brasileiro. Entre eles, destacam-se “Nise – Coração da Loucura”, de Roberto Berliner –que traz Glória Pires no papel da pioneira psiquiatra Nise da Silveira, filmado há três anos–, e “Tudo que Aprendemos Juntos”, novo longa de Sérgio Machado (“Cidade Baixa”), com Lázaro Ramos interpretando um músico inspirado na história do projeto social de música clássica do Instituto Bacarelli.

A 17ª edição do evento apresentará ao todo 41 longas e 19 curtas brasileiros, entre os dias 1º a 14 de outubro.

O histórico Cine Odeon, no centro do Rio, também volta a receber a programação do festival, depois de ficar de fora em 2014 devido ao fechamento para reforma.

Veja a lista dos filmes selecionados para a Première Brasil:

Ficção
“Aspirantes”, de Ives Rosenfeld, 75 min (RJ)
“A Floresta que se Move”, de Vinícius Coimbra, 99 min (RJ)
“Beatriz”, de Alberto Graça, 99 min (RJ)
“Boi Neon”, de Gabriel Mascaro, 101 min (PE)
“Califórnia”, de Marina Person, 85 min (SP)
“Campo Grande”, de Sandra Kogut, 109 min (RJ)
“Introdução à Música do Sangue”, de Luiz Carlos Lacerda, 95 min, (RJ)
“Mate-me Por Favor”, de Anita Rocha da Silveira, 101 min (RJ)
“Mundo Cão”, de Marcos Jorge, 100 min (SP)
“Nise – Coração da Loucura”, de Roberto Berliner, 109 min (RJ)
“Órfãos do Eldorado”, de Guilherme Coelho, 96 min (RJ)
“Quase Memória”, de Ruy Guerra, 95 min (RJ)
“Tudo que Aprendemos Juntos”, de Sérgio Machado, 100 min (SP)

Documentário
“Betinho – A Esperança Equilibrista”, de Victor Lopes, 90 min (RJ)
“Cordilheiras no Mar: A Fúria do Fogo Bárbaro”, de Geneton Moraes Neto, 98 min (RJ)
“Crônica da Demolição “, de Eduardo Ades, 89 min (RJ)
“Futuro Junho”, de Maria Augusta Ramos, 100 min (RJ)
“Marias”, de Joana Mariani, 73 min (SP)
“Mario Wallace Simonsen, Entre a Memória e a História”, de Ricardo Pinto e Silva, 110 min (SP)
“Olmo e a Gaivota”, de Petra Costa e Lea Glob, 82 min (SP)

Publicidade

Você vai curtir!

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios