Famosos

Nego do Borel relata pânico em avião da Gol que pousou com pneu furado

O cantor Nego do Borel passou por momentos de pânico durante o pouso de um avião da Gol, na madrugada de domingo (6), em São Paulo. O piloto avisou aos passageiros que um pneu tinha furado e, por conta disso, tiveram que ficar mais de uma hora no ar para que equipes de resgate se posicionassem na pista e a aeronave gastasse combustível.

“Obrigado meu Deus por mais um livramento. Passei o dia todo mal, estou mal com o acontecimento com o meu cunhado e agora o pneu do avião estoura. Nossa gente, como eu orei, fiquei uma hora no ar para o combustível acabar, meu Deus, quando eu desci já tinha, bombeiro, ambulância, polícia esperando. Livramento. Obrigado Senhor”, escreveu o cantor no Facebook. Ele também fez um vídeo dentro da aeronave no momento do pouso.

Procurada pelo Popzone, a assessoria da Gol confirmou o ocorrido no voo 1136 da companhia e disse que um pneu estourou durante a decolagem do voo no Rio de Janeiro. A empresa informa que tudo foi feito de maneira normal e que a aeronave realizou a troca do pneu em seguida.

“Com um pneu a menos, o avião tinha que ficar um pouco mais leve e, por medida de segurança, por precaução, o piloto decidiu sobrevoar para queimar combustível e amortecer o pouso”, disse a assessoria.

A aeronave saiu do aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, às 23h03 e chegou no Aeorporto Internacional de Viracopos, em Campinas, às 00h30.

Na madrugada de sábado (5), o cunhado de Nego do Borel, o policial militar Cristiano Gonçalves, de 29 anos, morreu após sofrer acidente de carro em Anchieta, zona norte do Rio de Janeiro. O carro que Cristiano dirigia bateu em um ônibus e teve a frente toda destruída. Ele era irmão de Crislaine Gonçalves, a noiva do cantor.

Publicidade

Você vai curtir!

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios