Boechat erra e inclui José Simão em lista de denunciados da Lava-Jato

Ricardo Boechat cometeu um ato falho durante o "Jornal da Band" desta sexta-feira (4) e incluiu, por engano, o jornalista José Simão na lista de denunciados pelo Ministério Público Federal no caso da Lava-Jato. O correto, na verdade, seria o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu.

por

ricardo-boechat-no-jornal-da-band-1366319897075_300x420 Ricardo Boechat cometeu um ato falho durante o “Jornal da Band” desta sexta-feira (4) e incluiu, por engano, o jornalista José Simão na lista de denunciados pelo Ministério Público Federal no caso da Lava-Jato. O correto, na verdade, seria o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu.

“O Ministério Público denuncia José Simão…”, dizia Boechat em uma das chamadas. O erro logo foi corrigido por ele mesmo. Simão e Boechat trabalham juntos no programa da rádio Band News FM todas as manhãs.

Além de Dirceu, o Ministério Público Federal (MPF) denunciou nesta sexta-feira o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto e o ex-diretor de serviços da Petrobras Renato Duque, além de outras 14 pessoas, na 17ª fase da Lava Jato na qual, segundo os procuradores, a corrupção na estatal somou 60 milhões de reais.

Segundo o MPF, Dirceu, ministro durante o primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi denunciado pelos crimes de organização criminosa, corrupção e lavagem de dinheiro.

“Aqui não julgamos José Dirceu, nós não julgamos pessoas ou vidas, mas sim fatos e atos concretos. Não está em questão José Dirceu ao longo da história, não está em questão o que ele fez pela consolidação da democracia em nosso país”, disse o coordenador da força-tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol.

Você também vai curtir