Famosos

“Estamos emocionados com nosso renascimento”, diz Angélica após acidente

Publicidade

Internada em São Paulo depois do acidente aéreo que sofreu com sua família em Mato Grosso do Sul neste domingo (24), Angélica disse à coluna de Patricia Kogut, do jornal O Globo, que está vivendo “um milagre”.

“Estamos nos recuperando física e emocionalmente. Foi um milagre o que aconteceu. Deus nos salvou”, disse a apresentadora. Angélica e o marido, Luciano Huck, continuam em observação no hospital Albert Einstein. Ela foi transferida em uma UTI aérea após receber os primeiros socorros em Campo Grande.

Os filhos do casal, Joaquim, Benício e Eva, já receberam alta, bem como as duas babás que acompanhavam a família. Ao lado do pai, eles viajaram para São Paulo no domingo em um avião particular. “As crianças estão bem e já de alta no hotel gracas a Deus! Eu e Luciano passamos a noite fazendo exames e estamos bem. Nada grave, dores de pancada por todo corpo, e tive o cinto que machucou um pouco minha lateral.”

Angélica disse ao jornal, que pertence às organizações Globo, sobre o sentimento de gratidão após ver que todos os passageiros da aeronave saíram do acidente sem ferimentos graves, “Estamos muito emocionados com o dia do nosso renascimento. Nem sei como vou poder agradecer a Deus por salvar minha família.”

Publicidade

O acidente

Publicidade

O avião, modelo Embraer 820C, decolou da Estância Caiman, na cidade de Miranda, e seguia para Campo Grande, em um trajeto de 230 quilômetros, quando sofreu uma falha. O piloto informou os controladores por volta das 11h.

Segundo o capitão médico Mauro Pascale, que participou do resgate, a equipe foi acionada por um alerta de acidente aeronáutico. “Chegamos ao local com quase nada de informações. O Corpo de Bombeiros já tinha assistido as vítimas mais leves. Quem tinha o estado um pouco mais grave era o piloto, que bateu a testa no painel e tinha um traumatismo crano-encefálico leve. Ele estava consciente e foi evacuado pela nossa equipe”, afirmou.

Num segundo voo ao local, a equipe coletou material e fez fotos para ajudar na investigação. Por meio de nota, a FAB  informou que uma equipe do Quarto Serviço de Prevenção e Investigação de Acidentes (SEPIPA 4) seguiu para o local para apurar as causas do acidente.

À tarde, Lorena Leonardo, proprietária da fazenda, tentava controlar o movimento no local, cheio de curiosos. “Isso atrapalha a investigação, tem muita gente aglomerada”, disse ela, que foi avisada pelo noivo do incidente. “Quando cheguei, Luciano e Angélica já tinham saído, só tinha ficado o piloto, que havia machucado a cabeça”, contou.

Você vai curtir!

Botão Voltar ao topo