Música

Sam Smith lidera primeira parada britânica a contabilizar também os streamings de álbuns

Sam Smith

Sam Smith (ao lado) acaba de fazer história na parada britânica. “In The Lonely Hour“, o álbum de estreia do cantor, foi o primeiro a chegar ao topo da parada de álbuns depois que as audições dos discos nos sites de streaming musical passaram a ser contabilizadas pela OCC (Official Charts Company).

A vitória se torna ainda mais especial por ela ter se dado logo depois que os BRIT Awards foram entregues, quando as vendas sofrem um aquecimento.

Smith teve o equivalente a 41 mil cópias vendidas, três mil a mais que “x” de Ed Sheeran que ficou na vice-colocação. Há uma semana, esses dois álbuns estavam, respectivamente, no segundo e terceiro lugar.

Royal Blood

Quem também se beneficiou bastante de sua performance nos BRITs foi o Royal Blood (ao lado), que viu seu primeiro álbum pular da 18° para a terceira colocação. O restante do top 5 também foi para artistas que se apresentaram na mais importante premiação da indústria fonográfica do Reino Unido.

Wanted On Voyage” de George Ezra subiu duas posições e ficou com o quarto lugar, enquanto “1989” de Taylor Swifit, em quinto, ganhou três postos em relação à semana passada.

Com esses resultados, “Smoke + Mirrors” do Imagine Dragons, que há sete dias estava no número 1, viu seu desempenho despencar na lista dos mais vendidos, ficando no 12° posto.

Os outros artistas que estrearam no top 10 foram o Led Zeppelin (com o relançamento de “Physical Graffiti” de 1975 em uma honrosa sexta posição) e Chris Brown And Tyga (na sétima com “Fan Of A Fan The Album”).

Veja aqui quais foram os singles mais populares da semana no Reino Unido

Publicidade

Você vai curtir!

Você vai curtir!
Fechar
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios