Famosos

Caso Kat Torres: Yasmin Brunet fala sobre acusação de brasileira presa nos EUA

Publicidade

No “Fantástico” (TV Globo), Yasmin Brunet falou sobre as acusações falsas de ter um esquema de tráfico de pessoas nos Estados Unidos. As influenciadoras Kat Torres, Letícia Maia e Desirrê Freitas foram as responsáveis por espalhar a informação mentirosa, após Yasmin questionar o estado de Letícia durante uma transmissão ao vivo nas redes sociais. Elas estão presas nos Estados Unidos desde o dia 2 de novembro por estarem ilegalmente no país.

Em entrevista ao programa, Yasmin disse que chorou por dias após ser acusada pelas mulheres. “Eu achei a forma que ela tava falando estranha, no mínimo. Eu falei: ‘Letícia, todo mundo que tá preocupado com você. A gente quer saber se você tá bem'”, contou. Depois disso, as mulheres afirmaram que a filha de Luiza Brunet mantinha um cativeiro nos Estados Unidos, do qual elas conseguiram escapar, e um esquema de tráfico de pessoas.

“Eu devo ter ficado uns quatro, cinco dias de cama, chorando, desesperada. Eu achei que eu nunca conseguiria limpar meu nome.”

De acordo com a reportagem, o Ministério Público Federal abriu uma investigação sobre o caso, que está sob sigilo. Uma advogada que representa 15 vítimas afirmou que Kat é acusada de tráfico humano, trabalho escravo, aliciamento a prostituição ou exploração sexual, injúria, calúnia, difamação e charlatanismo.

Publicidade

Você vai curtir!

Botão Voltar ao topo