Famosos

Cauã Reymond revela ter enfrentado dificuldades financeiras e que já roubou para comer

Publicidade

Cauã Reymond abriu o jogo, em entrevista nesta terça-feira (31/5), sobre as dificuldades que enfrentou antes de seguir a carreira de ator. O ator falou do período que viveu em Nova Iorque, no início dos anos 2000, apenas com uma bolsa de estudos e o salário das aulas de jiu-jitsu.

“Trabalhava para caralho, ganhava 20 dólares só. Tinha que escolher o que eu ia comer. Passei duas noites na cadeia com um amigo por causa de uma caixa de barra de proteína. Meu amigo entrou em uma [ideia] de roubar uma caixa de proteína porque a gente não tinha muita comida”, contou no Podpah.

A história não terminou bem, segundo relatou o ator. “Eu falei ‘não faz isso’. Ele dormiu três noites na cadeia. A gente pagou 100 dólares de fiança. Foi antes do [atentado terrorista ao World Trade Center em] 11 de setembro. Foi em 2000, então não deu nada”, disse.

Cauã Reymond também relatou o preconceito que latino-americanos sofrem no exterior. “Quando você é brasileiro é bem estranho. Você não é latino porque não fala espanhol, mas também não é americano. Eu namorei uma menina que era irlandesa, ela me dizia que se fosse me apresentar para o pai dela, eu seria preto. Mas nos EUA eu também não era branco”, confessou.

Leia matéria completa metropoles.com –

Publicidade
Publicidade

Você vai curtir!

Botão Voltar ao topo