Notícias

Justin Bieber é proibido de comprar carros da Ferrari

Publicidade

A estrela pop, Justin Bieber está entre as pessoas que não são mais bem-vindas na Ferrari. A decisão da marca de luxo italiana foi tomada após diversas condutas de Bieber que não foram bem vistas pela montadora e seu código de ética, entenda a história.

Bieber tem uma história complicada com a Ferrari. Em 2016, o músico canadense, que hoje tem 28 anos de idade, dirigiu bêbado o modelo Ferrari 458 e esqueceu onde o havia estacionado, deixando o carro abandonado.

Bieber teve que procurar o carro por duas semanas e quem acabou encontrando a Ferrari foi um membro de sua equipe.

As modificações que o cantor fez no veículo também não caíram bem para a marca italiana. A Ferrari ganhou uma cor azul, substituindo o branco original, e ganhou um novo sistema de som com 2.000 watts. Toda personalização que ocorre nos carros da montadora deve ser, segundo os princípios Ferrari, feita por quem tenha licença da marca, e ela própria tem um programa para customizar os fábricos na compra.

Imagem: Reprodução/Twitter/West Coast Customs

O cantor recorreu à californiana customizadora especializada West Coast Customs para o trabalho. Nas redes sociais, a empresa chegou a parabenizar Justin Bieber pelo seu aniversário, com direito a imagens da máquina toda trabalhada.

Publicidade

A Ferrari modificada de Bieber (que também já foi autuado por dirigir sem habilitação) foi leiloada pouco tempo depois da personalização. Ferraris limitadas – de novo, só limitadas – são vendidas com uma cláusula que impede que sejam revendidas no primeiro ano. Isso é feito para evitar que alguém torne um negócio comprar esses modelos e revendê-los.
Dessa maneira, Justin Bieber ficou vetado de comprar qualquer novo modelo da marca.

Publicidade

Você vai curtir!

Botão Voltar ao topo