Live-show do Capital terá “super” produção

por


No próximo domingo, 3 de maio, será a vez do Capital Inicial entrar na onda nas live-shows. A apresentação da banda liderada por Dinho Ouro Preto está marcada para as 20 horas, com transmissão no YouTube e redes sociais da banda.

Segundo os integrantes, o Capital relutou muito em programar uma apresentação virtual — afinal, são são seis pessoas no palco, entre banda e músicos contratados. A oportunidade veio quando o Capital foi convidado para ser padrinho de um novo estúdio, na Vila Leopoldina, em São Paulo, em fase de inauguração. Trata-se do ECCAAV (Estúdio Contra o COVID-19 A Favor do Audiovisual).

A banda foi convidada a inaugurar este espaço, que propõe seguir regras e protocolos sanitários e de segurança pessoal muito rígidos, seguindo orientações da OMS e dos órgãos de saúde do estado e do município de São Paulo. Por exemplo: número muito limitado de pessoas presente no local ao mesmo tempo, manutenção de distância de segurança de 1,5m entre as pessoas, teste para febre em todos os prestadores de serviço, uso de EPI, higienização total, escalonamento de chegada e saída de banda e equipe, entre outras precauções.

O ECCAAV propõe reverter 20% da renda (pós inauguração) para assistência aos prestadores de serviço e profissionais liberais ligados ao mercado de shows e ao audiovisual durante esse período de pandemia. O Capital toca sem parar há mais de 20 anos, emendando uma turnê na outra — portanto seus integrantes reconhecem que tem obrigação moral de ajudar em tudo que puder.

O Capital comemora em 2020 duas décadas do histórico álbum “Acústico MTV” com uma turnê especial, que pretende percorrer 20 capitais a partir do segundo semestre deste ano. Algumas faixas deste álbum serão tocadas naa live-show, que terá entre duas e três horas de duração, incluindo a interação com o público. Mais: a banda fará um show completo, com sonorização, iluminação, cenários e painel de LED. “Vamos participar de um esforço conjunto de produção que envolve técnicos e músicos. Será apresentada uma nova forma de fazer shows nesse período bizarro da nossa história. Mas tudo vai ser feito de acordo com protocolos e regras sanitárias”, reforça Dinho.

Você também vai curtir