Mostra no Rio relembra os grandes vilões do cinema brasileiro

DivulgaçãoO músico Paulo Miklos, do Titãs, em cena do filme "O Invasor" (2002), do cineasta Beto Brant

por
  • Divulgação
    Mostra no Rio relembra os grandes vilões do cinema brasileiro
    O músico Paulo Miklos, do Titãs, em cena do filme “O Invasor” (2002), do cineasta Beto Brant

     

De 1º a 25 de julho, o Centro Cultural Banco do Brasil Rio recebe a mostra “A Vilania no Cinema Brasileiro”. A seleção de filmes propõe uma reflexão sobre como os vilões e suas diferentes manifestações simbólicas são retratadas no cinema brasileiro. A entrada é R$10 (inteira).

Com filmes clássicos e produções contemporâneas, a mostra traz um repertório de personagens bandidos, psicopatas, anti-heróis e vilões de todos os tipos. Entre os destaques, a mostra exibe longas como “O Invasor” (2002), de Beto Brant, “Cidade de Deus” (2002), de Fernando Meirelles e Kátia Lund, “Bonitinha, Mas Ordinária” (1981), de Braz Chediak, “Esta Noite Encarnarei no Teu Cadáver” (1967), de José Mojica Marins, o recente “O Som Ao Redor” (2013), de Kleber Mendonça Filho, entre outros.

No dia 16 de julho, às 17h, haverá uma Master class com Hernani Hefner, curador da mostra. As senhas serão distribuídas 1 hora antes do evento e haverá tradução simultânea em LIBRAS. No dia 13 de julho, a sessão de “Cidade de Deus”, às 18h30, será com closed caption.

Confira a programação completa da mostra no site oficial do CCBB Rio.

Serviço
Mostra “A Vilania no Cinema Brasileiro”
Quando:
de 1º a 25 de julho de 2016.
Onde: CCBB Rio – Rua Primeiro de Março, 66 – Centro.
Quanto: R$10 (inteira).
Mais informações: http://culturabancodobrasil.com.br

Você também vai curtir