Em seu programa, Jô Soares detona Romário: “Tem que aprender a ouvir”

Jô Soares fez duras críticas ao senador Romário (PSB-RJ) no seu programa desta quarta-feira (4). Enquanto debatia o cenário político do Brasil com as ‘Meninas do Jô’, o apresentador aproveitou para desabafar sobre a participação de ex-jogador na sessão da comissão especial do impeachment, no dia 29 de abril.

“Eu gostaria de fazer uma observação com relação ao senador Romário, que estava muito preocupado em saber a que horas ele iria falar, porque estava ficando tarde e ele não queria perder a vez. Será que não falaram para o senador que o importante não é falar, e sim ouvir?”, criticou Jô.

Em seguida, o apresentador ironizou o discurso de Romário na sessão especial, que comparou Janaína Paschoal (autora do pedido de impeachment) a si próprio. O ex-jogador disse que, assim como ele, Janaína não se ‘intimida com o tamanho dos zagueiros’.

“Ele falou de um jogador baixinho que jogava com a camisa número 11 e nunca teve medo de enfrentar zagueiros. Realmente, Romário, desculpe, mas o mais difícil para um senador é saber ouvir, e não falar. Não pode um senador que eleito por uma quantidade absurdas de votos não saber ouvir. Tem que ouvir, Romário. Não é para falar ou fazer gol, é para ouvir”, continuou Jô, arrancando aplausos da plateia.

por

4mai2016---em-seu-programa-jo-soares-critica-o-senador-romario-1462427754998_956x500

Jô Soares fez duras críticas ao senador Romário (PSB-RJ) no seu programa desta quarta-feira (4). Enquanto debatia o cenário político do Brasil com as ‘Meninas do Jô’, o apresentador aproveitou para desabafar sobre a participação de ex-jogador na sessão da comissão especial do impeachment, no dia 29 de abril.

“Eu gostaria de fazer uma observação com relação ao senador Romário, que estava muito preocupado em saber a que horas ele iria falar, porque estava ficando tarde e ele não queria perder a vez. Será que não falaram para o senador que o importante não é falar, e sim ouvir?”, criticou Jô.

Em seguida, o apresentador ironizou o discurso de Romário na sessão especial, que comparou Janaína Paschoal (autora do pedido de impeachment) a si próprio. O ex-jogador disse que, assim como ele, Janaína não se ‘intimida com o tamanho dos zagueiros’.

“Ele falou de um jogador baixinho que jogava com a camisa número 11 e nunca teve medo de enfrentar zagueiros. Realmente, Romário, desculpe, mas o mais difícil para um senador é saber ouvir, e não falar. Não pode um senador que eleito por uma quantidade absurdas de votos não saber ouvir. Tem que ouvir, Romário. Não é para falar ou fazer gol, é para ouvir”, continuou Jô, arrancando aplausos da plateia.

Você também vai curtir