“House of Cards” pega carona com depoimento de Lula para divulgar série

DivulgaçãoKevin Spacey em "House of Cards" As redes sociais da série "House of Cards" publicaram uma carta assinada pelo presidente Francis J. Underwood, interpretado por Kevin Spacey, citando o depoimento do ex-presidente Lula, que aconteceu nesta sexta-feira (4) na Polícia Federal no Aeroporto de Congonhas, para divulgar a estreia da quarta temporada no Netflix.

O início do texto traz a citação da carta de Michel Temer à Dilma Rousseff, com a inscrição em latim "Verba volant, scripta manent" [Palavras ditas voam. A escritas permanecem] e informa que o presidente Underwoord acordou com vários telefonemas de amigos e amigas do Brasil visando sobre uma repentina cobertura de sua campanha presidencial pela imprensa brasileira.

de
  • Divulgação

    "House of Cards" pega carona com depoimento de Lula para divulgar sérieKevin Spacey em “House of Cards”

As redes sociais da série “House of Cards” publicaram uma carta assinada pelo presidente Francis J. Underwood, interpretado por Kevin Spacey, citando o depoimento do ex-presidente Lula, que aconteceu nesta sexta-feira (4) na Polícia Federal no Aeroporto de Congonhas, para divulgar a estreia da quarta temporada no Netflix.

O início do texto traz a citação da carta de Michel Temer à Dilma Rousseff, com a inscrição em latim “Verba volant, scripta manent” [Palavras ditas voam. A escritas permanecem] e informa que o presidente Underwoord acordou com vários telefonemas de amigos e amigas do Brasil visando sobre uma repentina cobertura de sua campanha presidencial pela imprensa brasileira.

Reprodução/Twitter

"House of Cards" pega carona com depoimento de Lula para divulgar série

“House of Cards” publica carta do presidente Francis J. Underwood para divulgar quarta temporada

A carta diz ainda que “ao mesmo tempo, continua nos surpreendendo bastante o fato de a imprensa brasileira – assim como a americana – ter o poder de dizer coisas tão extremamente opostas sobre o mesmo assunto, o que só prova que a popularidade de um líder não depende só de suas ações, mas de como cada um as interpreta.

O presidente de “House of Cards” pede aos brasileiros que tenham julgamento crítico antes de passar adiante possíveis calúnias e boatos sem fundamentos.

No final da carta, Underwood afirma ser inocente e diz que nunca prejudicou ninguém para chegar à presidência e jamais faria isso para continuar nela. “Contamos com o seu bom senso e a sua confiança”.

Você vai curtir