Globo é hostilizada por militantes do PT durante depoimento de Lula à PF

Profissionais da TV Globo foram hostilizados por militantes do PT durante a cobertura da 24ª fase da operação Lava Jato, que teve com um dos principais alvos a casa do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva.

By

globo 2Profissionais da TV Globo foram hostilizados por militantes do PT durante a cobertura da 24ª fase da operação Lava Jato, que teve com um dos principais alvos a casa do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva.

Com gritos de “fora, Rede Globo”, jornalistas da emissoras precisaram até mesmo esconder a canopla (parte que exibe o logotipo no microfone). Os episódios ocorreram, em Congonhas e em São Bernardo do Campo.

Mais cedo, um homem exaltado, que gritava palavras pró-Lula, chutou o cinegrafista da TV Globo e tentou agredir um jornalista com um soco no rosto durante a cobertura da 24ª fase da operação Lava Jato, que teve com um dos principais alvos a casa do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva.

A tentativa de agressão ocorreu em frente à casa do ex-presidente Lula, em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo.

Outras emissoras de televisão, como Record, Rede TV! e TV Bandeirantes, também fizeram cobertura intensa sobre o fato. Já o SBT se dedicou apenas a boletins informativos. A TV Cultura, TV públicada ligada ao PSDB, em São Paulo, seguiu com a sua programação normal.

A Polícia Federal realizou a 24ª fase da operação Lava Jato no prédio do Instituto Lula, no bairro do Ipiranga, zona sul de São Paulo, e na casa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de seu filho Fábio Luíz Lula da Silva – também conhecido como Lulinha. Essa fase da operação, batizada de Aletheia, apura se empreiteiras e o pecuarista José Carlos Bumlai favoreceram Lula por meio do sítio em Atibaia e o tríplex no Guarujá

You may also like