“Você teria que pedir perdão é para o seu público”, diz Rick sobre Renner

Reprodução/TV Record Após um pedido de perdão feito pelo cantor Renner, o sertanejo Rick afirmou neste domingo (28) que o ex-parceiro deveria pedir perdão primeiro para o público e para os seus fãs. para fãs. Os dois não se falam desde o fim da parceria de 30 anos, ocorrida no ano passado.

por
  • Reprodução/TV Record

    "Você teria que pedir perdão é para o seu público", diz Rick sobre Renner

Após um pedido de perdão feito pelo cantor Renner, o sertanejo Rick afirmou neste domingo (28) que o ex-parceiro deveria pedir perdão primeiro para o público e para os seus fãs. para fãs. Os dois não se falam desde o fim da parceria de 30 anos, ocorrida no ano passado.

Em entrevista concedida ao “Domingo Show”, da TV Record, Rick demonstrou irritação em relação à mensagem deixada por Renner. “[Na mensagem] Você diz ‘eu te perdoo’. Eu coloco um ponto de interrogação aí. Eu queria saber onde que você me perdoa”, disse ele.

“Da minha parte, você pode esquecer, não tem mágoa,não tem raiva… Agora, eu acho que, se você tem que pedir perdão para alguém, teria que ser para o seu público, para quem te ama, para quem é fã, para quem viu a dupla Rick e Renner nascer e morrer”, avaliou.

Renner se envolveu em seu primeiro acidente de trânsito no dia 20 de agosto de 2001, no quilômetro 144 da Rodovia Luiz de Queiroz, em Santa Bárbara (SP), no qual resultou na morte do engenheiro químico Luís Antônio Nunes Aceto e de Eveline Soares Rossi. O casal trafegava em uma motocicleta no sentido Piracicaba-Campinas quando foram atingidos pela BMW do cantor.

A rodovia possui pista dupla, mas, ainda assim, o carro do sertanejo ficou desgovernado, atravessou a pista e atingiu o casal, que morreu na hora. Segundo a acusação, ele trafegava em alta velocidade, próximo de 160 quilômetros por hora.

Renner foi condenado a pagar 2 mil salários mínimos (valor que hoje corrigido já estaria perto de R$ 3 milhões).

Em agosto de 2014, familiares das vítimas conseguiram na Justiça bloquear bens do cantor Ivair dos Reis Gonçalves, o Renner. A medida também foi estendida a empresas ligadas ao sertanejo para evitar que ele deixe de pagar a indenização imposta pela Justiça, segundo a Agência Estado.

Você também vai curtir