Flávia Alessandra compara Sandra com vilã de Alma Gêmea: “Não quero matar”

Outra vez na pele de uma vilã, em "Êta Mundo Bom", Flávia Alessandra falou sobre a personagem na novela de Walcyr Carrasco. No "Vídeo Show" desta quinta-feira (21), a atriz disse não se preocupar com as comparações que podem surgir com a maquiavélica Cristina, que ela interpretou em "Alma Gêmea".

por

atriz-flavia-alessandra-se-emociona-com-depoimentos-no-mais-voce-1453377543786_300x300Outra vez na pele de uma vilã, em “Êta Mundo Bom”, Flávia Alessandra falou sobre a personagem na novela de Walcyr Carrasco. No “Vídeo Show” desta quinta-feira (21), a atriz disse não se preocupar com as comparações que podem surgir com a maquiavélica Cristina, que ela interpretou em “Alma Gêmea”.

“Eu não fico preocupada. Fico preocupada que não seja tão querida quanto foi Cristina”, afirmou. “As pessoas perguntam, ‘mas você vai matar?’ Eu não quero matar. Espero que seja uma reencarnação mais elaborada”, completou.

Na trama, Flávia faz Sandra, uma mulher ambiciosa que, para não perder a herança, não quer que a tia encontre o filho desaparecido. “A Cristina foi incrível e era um tipo de vilania. Era uma vilã dura, em que o objetivo dela era o amor de um homem e que não sabia lidar com a sua sensualidade. É outra vibe da Sandra, que usa a sensualidade como uma arma e forma de poder”, observou.

“O plano era perfeito, tudo dando certo, e eis que vem a revelação de que ela [a tia] teve um filho. vai tudo por água a baixo porque é uma mulher que queria ter o dinheiro dela garantido”, explicou.

Inspiração

Flávia Alessandra diz que o visual da personagem é uma mistura inspirada em Grace Kelly e Marylin Monroe. “É uma mistura da Grace Kelly com aquele lado princess, sempre delicado, com o lado picantante Marylin de ser”, disse.

Você também vai curtir