Hashtag racista sobre novo “Star Wars” é repudiada e vira piada entre fãs

3659-MLB4854966359_082013-OO novo trailer de “Star Wars: O Despertar da Força” causou comoção na internet. Entre vivas, choros e risos, também apareceu uma meia dúzia de racistas para odiar o que viu: um negro herói. No entanto, a hashtag  #BoycottStarWarsVII criada por essas pessoas bombou pelo repúdio da maioria dos fãs do filme.

Os poucos que aderiram seriamente o boicote disseram, entre outras coisas, que “JJ. Abrams é um judeu ativista que está promovendo o genocídio dos brancos”. Outra conta afirmou que os “justiceiros sociais reclamam de apropriação indevida de culturas e em seguida criam um ‘Star Wars’ não-branco”.

A reação ao racismo foi imediata nas redes. Mesmo sendo disseminada primeiro nos Estados Unidos, a quantidade de brasileiros que a repudiaram também foi grande. “Vou boicotar o filme porque sou um bebê apavorado com o mundo a minha volta”. Outra internauta disse aderir ao movimento, mas por motivos diferentes dos haters. “Gosto do movimento #BoycottStarWarsVII! Quanto mais racistas boicotando o filme, menor a chance de um babaca sentar ao nosso lado no cinema!”.

Gosto do movimento #BoycottStarWarsVII! Quanto mais racistas boicotando o filme, menor a chance de um babaca sentar ao nosso lado no cinema!

— Thiérri Parmigiani (@Thierri_P) 19 outubro 2015

I’m going to #BoycottStarWarsVII because I am a babyman who’s terrified of the world around

me

— Vid Icarus (@vid_icarus) 19 outubro 2015

Publicidade

Você vai curtir!

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios