Música

Depois de ser acusado de plágio, Hozier processa músico canadense

Hozier

Chilly Gonzales, cantor e compositor canadense conhecido pela série de vídeos Pop Music Masterclass em que analisa músicas da atualidade, acabou se metendo em maus lençóis com o irlandês Hozier.

Na última semana, Chilly publicou um vídeo dissertando acerca do sucesso “Take Me To Church” que em sua opinião teria sido baseado em “How Come You Never Go There” de sua conterrânea, colaboradora e amiga pessoal Feist.

“Vocês estão ouvindo isso? É quase a mesma coisa. Quero dizer, é uma louca coincidência que minha boa amiga e irmã caçula musical Feist, com sua faixa ‘How Come You Never Go There’, teve a mesma exata ideia de usar esses acordes, que são três vezes mais lentos que o de Hozier. Talvez a Feist o deva levar à Corte”, diz o músico em sua análise.

Ao tomar conhecimento do assunto, a empresária de Hozier, Caroline Dowley, rebateu a acusação de plágio dizendo que não tem embasamento e abriu um processo na Corte Suprema da Irlanda contra o canadense alegando difamação, segundo revelou a edição irlandesa do jornal The Sunday Times. Depois da repercussão, o vídeo de Chilly comparando as músicas foi removido do YouTube.

Ouça as duas músicas abaixo e compare-as:

Confira as letras, traduções e mais de Hozier no Popzone.

Publicidade

Você vai curtir!

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios