Sonia Braga será protagonista em novo filme de diretor de “O Som ao Redor”

Gilberto Tadday/Folhapress Em "Aquarius", Sônia Braga interpretará Clara, uma escritora e crítica de música aposentada que tem também o dom de viajar no tempo.

By
  • Gilberto Tadday/Folhapress

    Vem por aí

    Em “Aquarius”, Sônia Braga interpretará Clara, uma escritora e crítica de música aposentada que tem também o dom de viajar no tempo.

Começará a ser filmado no Recife no início de agosto o filme “Aquarius”, segundo longa-metragem de ficção de Kleber Mendonça Filho, roteirista e diretor de “O Som ao Redor” (2012). Atualmente em fase de pré-produção, o filme terá como protagonista Sonia Braga no papel de Clara, uma escritora e crítica de música aposentada, viúva, mãe de três filhos adultos, e moradora do bairro de Boa Viagem. Clara tem também o dom de viajar no tempo.

“Estou muito feliz de poder trabalhar com Sonia Braga em ‘Aquarius'”, diz o diretor. “Sonia é não apenas uma grande atriz, mas um ícone da cultura brasileira e seu carisma é também reconhecido internacionalmente. Poder tê-la interpretando Clara, mulher rochedo que está em praticamente todas as cenas, é uma honra, pura e simplesmente, e a sintonia de Sonia com Clara é linda”, completa.

O roteiro de 123 páginas foi escrito pelo próprio Kleber Mendonça Filho ao longo do último ano, após o lançamento de “O Som ao Redor” em festivais e salas de cinema do Brasil e do exterior. Para ele, muitos dos temas que lhe são caros voltam nesse filme, mas de maneira diferente.

“Quando li o roteiro tive que parar para respirar”, diz Sonia Braga. “Pareceu de cara um sonho: uma personagem íntegra, da minha idade, com meus sonhos, com os meus sonhados filhos e família. Quis logo viver esta mulher. Fico agradecida que Kleber tenha me imaginado dentro deste universo estranhamente desnivelado, mas com linhas paralelas, que só os artistas colocam no infinito”, completa.

As filmagens de “Aquarius” – que é o nome do edifício em que Clara vive, em Boa Viagem – terão duração de sete semanas, com locações em bairros diferentes do Recife.

“O Som ao Redor foi o primeiro longa-metragem de ficção de Kleber Mendonça Filho. Exibido em mais de 100 festivais internacionais e lançado comercialmente em 14 países, foi o representante brasileiro no Oscar 2014 e considerado “Um dos 10 Melhores Filmes do ano” pelo jornal The New York Times.