Adaptação de obra de Xico Sá, “Big Jato” estreia no Festival de Brasília

O novo filme do cineasta pernambucano Cláudio Assis, "Big Jato", é um dos destaques da programação do 48º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, divulgado nesta segunda-feira.

de

O novo filme do cineasta pernambucano Cláudio Assis, “Big Jato”, é um dos destaques da programação do 48º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, divulgado nesta segunda-feira.

Adaptação da obra do jornalista Xico Sá, o filme narra a história de um menino que acompanha o pai (Matheus Nachtergaele) nas estradas. O homem é motorista do imponente Big Jato, um caminhão-pipa utilizado para limpar as fossas da cidade sem saneamento básico.

Outra adaptação figura entre os selecionados. “Prova de Coragem”, de Roberto Gervitz, tem roteiro adaptado da obra do livro de Daniel Galera, “Mãos de Cavalo”. O longa segue o médico Hermano (Armando Babaioff), que prepara uma escalada de alto risco em uma montanha na Terra do Fogo, quando se vê às voltas com a gravidez de Adri (Mariana Ximenes), com quem vive há 7 anos.

Seis filmes de longa-metragem e 12 filmes de curta e média-metragens irão competir por prêmios no valor total de R$ 340 mil. Eles foram escolhidos dentre 130 longas-metragens, 221 médias e 237 curtas-metragens de vários estados.

Entre os curtas, “Command Action”, dirigido por João Paulo Miranda Maria, faz sua estreia no Brasil após ser exibido na Semana da Crítica do festival de Cannes. O protagonista é defendido pelo estudante David Martins, 14 anos, morador de Rio Claro, interior de São Paulo. Martins foi escolhido entre vários alunos da rede municipal para protagonizar o filme, que foi finalizado com a ajuda de uma rifa.

O evento será realizado entre 15 e 22 de setembro de 2015.

Confira a programação:

Longa-metragem
A Família Dionti, de Alan Minas, 97min, RJ, 2015
Big Jato, de Claudio Assis, 92min, PE, 2015
Fome, de Cristiano Burlan, 90min, SP, 2015
Para Minha Amada Morta, de  Aly Muritiba, 115min, PR, 2015
Prova de Coragem, de Roberto Gervitz, 90min, RS, 2015
Santoro – O Homem e sua Música, de John Howard Szerman, 85min30, DF, 2015

Curta e Média-Metragem
A Outra Margem – Nathália Tereza, 26 min, MS, 2015
À Parte do Inferno – Raul Artuso, 22min, SP, 2015
Afonso é uma Brazza – Naji Sidki e James Gama, 23min, DF, 2015
Cidade Nova – Diego Hoefel, 14min, CE, 2015
Command Action – João Paulo Miranda Maria, 13min, SP, 2015
Copyleft – Rodrigo Carneiro, 29min30, MG, 2015
História de uma Pena – Leonardo Mouramateus, 30min, CE, 2015
O Corpo – Lucas Cassales, 16min, RS, 2015
O Sinaleiro – Daniel Augusto, 15min, SP, 2015
Quintal – André Novais Oliveira, 20min, MG, 2015
Rapsódio para o Homem Negro – Gabriel Martins, 24min, MG, 2015
Tarântula – Aly Muritiba e Marja Calafange, 20min, PR, 2015