Veja capas antigas de Madonna

de

Fui muito fã de Madonna de primeira hora. Gostei dela desde que ouvi, pela primeira vez, Everybody. Nem sabia quem cantava, só sabia que adorava aquela voz sussurrante e abusada. Depois ela explodiu no mundo inteiro com Like a Virgin e Material Girl, saiu na Playboy, e eu então com 11 anos achei muito divertida aquela mulher que adorava ser sexy, abusada. Durante toda minha adolescência continuei consumindo seus discos, revistas, polêmicas. Até o começo dos anos 90, quando assisti seu primeiro show no Brasil, no Maracanã, em 1993. Ali me saciei de Madonna. A turnê era The Girlie Show. O show muito ensaiado, produzido, mostrou uma artista no esplendor dos seus 35 anos. Mas minha febre tinha passado. Senti falta de ver, ao vivo, um pouco mais da Madonna de verdade. Era tudo ensaiado demais, milimetrado demais. Continuo gostando dela, admiro seu trabalho. Mas realmente hoje em dia não tenho mais aquela febre juvenil. Posto aqui fotos que vão de 1983 a 1993 que é, em minha modesta opinião, a Era de Ouro de Madonna.

Para saber em tempo real as atualizações do blog basta seguir @AndreSank no Twitter