Televisão

Celebridades repudiam estilistas Dolce e Gabbana por críticas à fertilização in vitro

Domenico-Dolce-e-Stefano-Gabbana-condenados-por-sonagar-impostos-abre

Celebridades revoltadas foram ao ataque contra os estilistas italianos Domenico Dolce e Stefano Gabbana nesta segunda-feira, depois que Dolce descreveu crianças de pais gays nascidas de tratamentos de fertilidade como “sintéticas”.

Liderando o coro das críticas, o cantor pop Elton John pediu um boicote à marca no domingo.

Victoria Beckham, ex-embaixadora da Dolce & Gabbana, se solidarizou com Elton John nesta segunda-feira, enviando uma “mensagem de amor” ao astro britânico, ao marido dele, David Furnish, aos dois filhos do casal, Zachary e Elijah, e a “todos os lindos bebês da fertilização in vitro”.

A roqueira Courtney Love acusou a dupla italiana de “preconceito insensato”.

Mas Gabbana fez pé firme, dizendo que os dois têm direito de opinar e chamando Elton de fascista.

Concetta Lanciaux, consultora da indústria de luxo e ex-conselheira de Bernard Arnault, diretor-executivo do conglomerado de artigos de luxo LVMH, afirmou não acreditar que o pedido de Elton tenha impacto nas vendas da D&G.

“Os consumidores entendem o humor de Domenico e Stefano, que são conhecidos pela sua língua afiada. Além disso, os novos consumidores, mesmo que não concordem com a declaração, gostam de pensar que vivemos num mundo livre onde as pessoas ainda podem expressar seus sentimentos e suas opiniões”, afirmou.

O furor surgiu depois que a revista italiana Panorama citou comentários de Dolce nos quais ele criticou tratamentos de fertilidade e a criação de filhos de casais homossexuais.

“Você nasce e tem um pai e uma mãe. Ou pelo menos deveria ser assim, e é por isso que não acredito em crianças criadas pela química, em bebês sintéticos, em barrigas de aluguel”, opinou Dolce.

(Por Angus MacSwan)

Publicidade

Você vai curtir!

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios