Repórteres da Globo relatam homofobia em hotel

por


Os repórteres da TV Globo Erick Rianelli e Pedro Figueiredo relataram por meio do Twitter terem sido vítimas de homofobia no hotel Iberostar, na Praia do Forte, na Bahia. Segundo as publicações, a dupla solicitou um quarto de casal, mas foi recebida com duas camas de solteiro.

Ao solicitarem a troca, o hotel teria se negado a atender ao pedido, e só acataram a solicitação quando o casal ameaçou chamar a polícia. “Você sai de férias para e relaxar mas é [vítima] de homofobia logo depois do check in”, lamentou Rianelli em seu perfil na rede. Pedro classificou o episódio como “a homofobia de cada dia”.

Os repórteres da TV Globo Erick Rianelli e Pedro Figueiredo relataram por meio do Twitter terem sido vítimas de homofobia no hotel Iberostar, na Praia do Forte, na Bahia. Segundo as publicações, a dupla solicitou um quarto de casal, mas foi recebida com duas camas de solteiro.

Ao solicitarem a troca, o hotel teria se negado a atender ao pedido, e só acataram a solicitação quando o casal ameaçou chamar a polícia. “Você sai de férias para e relaxar mas é [vítima] de homofobia logo depois do check in”, lamentou Rianelli em seu perfil na rede. Pedro classificou o episódio como “a homofobia de cada dia”.

Você também vai curtir