Deputado do PSL acusa Ludmilla por apologia às drogas em nova música

por

‘Verdinha’, a nova música de Ludmilla, está dando o que falar. O deputado federal Cabo Junior Amaral (PSL-MG) registrou uma notícia-crime contra a cantora na Polícia Federal exigindo uma investigação alegando que a artista está fazendo apologia às drogas – mais precisamente maconha – na canção.

“Milhões de brasileiros, desempregados, sem moradia, hospitais sem vagas, a violência predominante, poluição, a questão ambiental, a rede pública de educação miserável, mas o maior problema que o Brasil tem no momento é uma música que fala de alface. Brinca mais”, escreveu.

Embora a canção seja sobre maconha, Lud não usa a palavra na letra em nenhum momento. A cantora aparece no clipe fumando e em meio à uma plantação de alface. “Eu fiz um pé, lá no meu quintal. Estou vendendo a grama da verdinha a 1 real”, diz o refrão.

“Fiquei loucona, chapadona, só com a marola da Juana”, canta ela em outro trecho.

Amaral ainda completou: “O tempo de assistirmos sentados essas ofensas às nossas famílias calados, acabou! Apresentei moção de repúdio na Comissão de Segurança, notícia-crime junto a Polícia Federal e representei tb no Ministério Público Federal a cantora por essa ‘música’ que faz apologia ao crime”.

Ludmilla, por sua vez, rebateu com ironia a medida do deputado. “Milhões de brasileiros desempregados, sem moradia, hospitais sem vaga, a violência predominante, poluição, a questão ambiental, a rede pública de educação miserável, mas o maior problema que o Brasil tem no momento é uma música que fala de alface [risos]. Brinca mais que a brincadeira”, escreveu no Twitter.

Você também vai curtir