Filho de Alex Escobar detona o pai e abre o jogo sobre relação ruim: ‘É um monstro’

por


A relação conturbada do jornalista Alex Escobar com o filho, Pedro Escobar, acaba de ser exposta na web pelo rapaz. Ele afirmou que o pai não o aceitou quando assumiu ser homossexual e que ele não paga a pensão alimentícia.
Além disso, Pedro abriu o jogo sobre a relação ruim entre eles e confessou que já tentou o suicídio por causa da depressão. “A única reação dele foi me dar uma bronca e dizer que sou um ingrato por fazer isso”, afirmou.

“O meu pai é o apresentador do Globo Esporte, Alex Escobar, e depois de sofrer muitos abusos da parte dele, eu decidi expor e me manifestar. Eu tenho depressão há 5 anos. Desde que ele descobriu que eu era gay e passou três meses sem falar comigo. Depois disso as coisas só foram piorando mais. Em dezembro de 2017 eu tive uma tentativa de suicídio onde eu tomei uma grande quantidade de remédios e fiquei internado. Nesta ocasião, a única ação dele foi me dar uma bronca e dizer que sou um ingrato por fazer isso”, comentou no Twitter.

O filho do apresentador ainda falou sobre a pensão alimentícia. “Ele nunca paga a pensão que ele deveria me pagar. O salário dele é de R$ 80 mil e, fazendo os cálculos, deveria me dar R$5.300 (por dividir com minha irmã) por mês, até os 24 anos ou enquanto eu continuar estudando. Porém, no começo desse ano ele me mandou um áudio se recusando a me oferecer qualquer tipo de estudo esse ano. Eu tive uma discussão com a minha irmã, que também foi extremamente abusiva comigo durante toda a minha vida, e provavelmente ela foi falar com ele.”
Para finalizar, Pedro fez um apelo e detonou o pai. “Estou a beira de cometer suicídio e ele continua tratando tudo isso como mimimi. Esse homem é um monstro. Parem de dar palanque para um homem que trata a saúde mental do próprio filho como mimimi. Eu não tenho renda para entrar com uma ação judicial contra ele e ir atrás dos meus direitos, por isso venho aqui pedir socorro aos meios de comunicação.”

Você também vai curtir