TOPO

Par da transexual Britney em ‘A dona do pedaço’, Pedro Carvalho fala de química com atriz e diz que está solteiro

por Redação / Publicado em quarta-feira, 03 jul 2019 10:50 AM / / 74 views

Em sua terceira novela no Brasil, o ator português Pedro Carvalho diz que vive o momento de maior repercussão do seu trabalho no país. Ele interpreta o chef Abel em “A dona do pedaço” e vem agitando as redes sociais com cenas românticas do personagem com Britney (papel da atriz transexual Glamour Garcia).

– Os dois estão fazendo o maior sucesso. Constantemente ficam entre os assuntos mais comentados nas redes sociais. E o retorno que temos recebido do público é muito positivo. As pessoas torcem muito e shippam o casal – afirma o ator, que já fez “Escrava mãe”, na Record, e “O outro lado do paraíso”, na Globo.

Na trama, Abel não sabe que Britney é transexual. Segundo o ator, os fãs têm perguntado qual vai ser a reação do personagem ao descobrir a verdade:

– Não sei qual vai ser a reação dele, mas torço muito para que os dois fiquem juntos. O Abel é um homem rude, quadrado, meio ignorante. Mas o amor dele pela Britney é completamente verdadeiro e puro.

Para ele, parte do sucesso do casal se deve à química com a atriz:

– Química é algo que se tem ou não. E, desde os primeiros ensaios, eu e a Glamour criamos uma sintonia incrível. Nos divertimos muito em cada gravação e o público acaba percebendo essa energia.

Além de “A dona do pedaço”, Carvalho poderá ser visto na novela “Ouro verde”, a partir do dia 15, na Band. Exibida originalmente em 2017, no canal TVI, a atração foi sucesso de audiência e conquistou um Emmy. Com uma carreira sólida em Portugal – ele contabiliza mais de dez trabalhos na teledramaturgia -, o ator planeja continuar se dividindo entre os dois países.

– Os meus familiares estão todos na Europa e sinto muito a falta deles. Ao mesmo tempo, já criei uma base de amigos aqui no Brasil, quase uma outra família. Como ator, é muito interessante essa possibilidade de estar lá e aqui. Então, pretendo seguir desta forma – diz ele, que está solteiro. – É complicado ter uma relação amorosa com essa vida cigana que levo.

|