Novo ‘Aladdin’ ganha mais músicas e efeitos especiais

por

Desde que chegou aos cinemas brasileiros, a nova roupagem da história da Disney ambientada nas Arábias conquistou adultos e crianças e é o filme mais visto no país há duas semana. Motivos para isso não faltam. O remake da animação de 1992 em live-action é um musical dos bons, com canções marcantes, um elenco afinado e a boa e velha lição de moral que nunca sai de moda.
A história do menino pobre e seu macaco de estimação que roubam para sobreviver é novamente bem contada, mas desta vez Aladdin praticamente divide o protagonismo com a princesa Jasmine. Antes ela era apenas a filha cobiçada do sultão, mas nesta versão a personagem tem voz e reivindica seu lugar no governo patriarcal da fictícia cidade de Agrabah, um sinal dos novos tempos. Já o gênio continua bem-humorado e atrapalhado, como no desenho. Will Smith foi o escolhido para dar vida ao hilário ser mágico e desempenha o trabalho como esperado.

Desde que chegou aos cinemas brasileiros, a nova roupagem da história da Disney ambientada nas Arábias conquistou adultos e crianças e é o filme mais visto no país há duas semana. Motivos para isso não faltam. O remake da animação de 1992 em live-action é um musical dos bons, com canções marcantes, um elenco afinado e a boa e velha lição de moral que nunca sai de moda.

‘Aladdin’ faz parte do projeto dos estúdios Disney de refilmar as clássicas histórias que marcaram gerações com a ajuda da tecnologia. A fórmula deu certo com ‘A Bela e a Fera’ e vai ser replicada em mais filmes do grupo. No próximo mês, a Disney lança o remake de ‘O Rei Leão’, com nomes como Beyoncé e Chiwetel Ejiofor dublando os personagens inesquecíveis da trama. É aguardar para assistir!

Você também vai curtir