Após Lexa ter trio elétrico cancelado, empresa responsável se justifica em comunicado

por

Após Lexa ter seu bloquinho de Carnaval cancelado na tarde do último domingo, 10, em São Paulo, por falta de trio elétrico, e aparecer chorando nas redes sociais, foi a vez da empresa se manifestar.
Por meio de uma nota de esclarecimento em sua conta oficial do Instagram, a empresa Trio Mó Vidão compartilhou a sua versão da história e relataram que não havia sido efetuado todo o pagamento do aluguel.

“Nota de Esclarecimento Trio Elétrico Mó Vidão. Somos uma empresa séria e com anos de atuação no mercado e com ótima reputação. Diante dos últimos acontecimentos envolvendo o nome do Trio e da cantora Lexa, cabe a empresa esclarecer alguns pontos. Os contratos para o aluguel dos trio elétricos não foram integralmente cumpridos para os eventos que ocorreriam em São Paulo nos dias 09 e 10 de março. Informamos ainda que, o contratante fora previamente comunicado dias antes acerca do não pagamento integral do ref. contrato e que com isso não prestaríamos o serviço. Informamos ainda que a empresa fora contratada pela GRV Logística para a prestação do serviço aos blocos, não tratando da parte contratual em nenhum momento de forma direta com os organizadores dos blocos. Comunicamos que nosso departamento jurídico já fora acionado e que serão tomadas as medidas legais cabíveis em âmbito cível e criminal contra os responsáveis. Somos uma empresa séria e sólida no mercado com diversos eventos realizados sem nenhum tipo de problema ocorrido. Lamentamos profundamente a não realização do desfile da cantora Lexa e nos colocamos a disposição para dirimir quaisquer dúvidas acerca do ocorrido. Atenciosamente,
Trio Elétrico Mó Vidão”, escreveram.

Após a confusão, a cantora foi convidada por Preta Gil e Anitta para cantar e agitar a multidão durante os trios dessas cantoras. Além disso, Lexa contou com convidados como Bianca Andrade, Thaynara OG, Glória Groove, entre outros.

Você também vai curtir