TOPO

Após Lexa ter trio elétrico cancelado, empresa responsável se justifica em comunicado

por Redação / Publicado em segunda-feira, 11 mar 2019 12:20 PM / / 70 views

Após Lexa ter seu bloquinho de Carnaval cancelado na tarde do último domingo, 10, em São Paulo, por falta de trio elétrico, e aparecer chorando nas redes sociais, foi a vez da empresa se manifestar.
Por meio de uma nota de esclarecimento em sua conta oficial do Instagram, a empresa Trio Mó Vidão compartilhou a sua versão da história e relataram que não havia sido efetuado todo o pagamento do aluguel.

“Nota de Esclarecimento Trio Elétrico Mó Vidão. Somos uma empresa séria e com anos de atuação no mercado e com ótima reputação. Diante dos últimos acontecimentos envolvendo o nome do Trio e da cantora Lexa, cabe a empresa esclarecer alguns pontos. Os contratos para o aluguel dos trio elétricos não foram integralmente cumpridos para os eventos que ocorreriam em São Paulo nos dias 09 e 10 de março. Informamos ainda que, o contratante fora previamente comunicado dias antes acerca do não pagamento integral do ref. contrato e que com isso não prestaríamos o serviço. Informamos ainda que a empresa fora contratada pela GRV Logística para a prestação do serviço aos blocos, não tratando da parte contratual em nenhum momento de forma direta com os organizadores dos blocos. Comunicamos que nosso departamento jurídico já fora acionado e que serão tomadas as medidas legais cabíveis em âmbito cível e criminal contra os responsáveis. Somos uma empresa séria e sólida no mercado com diversos eventos realizados sem nenhum tipo de problema ocorrido. Lamentamos profundamente a não realização do desfile da cantora Lexa e nos colocamos a disposição para dirimir quaisquer dúvidas acerca do ocorrido. Atenciosamente,
Trio Elétrico Mó Vidão”, escreveram.

Após a confusão, a cantora foi convidada por Preta Gil e Anitta para cantar e agitar a multidão durante os trios dessas cantoras. Além disso, Lexa contou com convidados como Bianca Andrade, Thaynara OG, Glória Groove, entre outros.

|

Comentários no Facebook