TOPO

Marcelo Madureira é demitido de rádio e posição contra Bolsonaro pode ser causa

por Redação / Publicado em quinta-feira, 18 out 2018 12:20 PM / / 72 views


Marcelo Madureira, famoso pelo “Casseta e Planeta”, foi demitido da Jovem Pan , onde trabalhava como comentarista. O jornalista revelou ao colunista Flávio Ricco que não tem “a menor ideia do que aconteceu”, e do que levou a emissora a prescindir do seu trabalho.
Entretanto, Marcelo Madureira foi um, entre vários artistas, advogados, ativistas e empresários, que assinou o manifesto “Pela democracia, pelo Brasil” , contra o candidatura de Jair Bolsonaro à presidência da república. A hipótese de relação entre sua demissão e o gesto político foi aventada pelo colunista de O Dia .

Outro manifesto de artistas e intelectuais contra o candidato Jair Bolsonaro deve vir a público nos próximos dias e é possível que o nome de Madureira também figure nesse documento. O comediante e comentarista político integrava o programa “Três em Um” há cerca de dois anos, o programa é responsável por uma das maiores audiências da rádio.

Insistentemente procurada pela reportagem, por meio de contatos telefônicos e por e-mail, a rádio Jovem Pan não comentou o caso e não disse se a demissão do jornalista tem relação com o manifesto contra a candidatura de Bolsonaro.
Em 1987, Marcelo começou a publicar o tabloide humorístico “Casseta Popular”, que em 1986 se tornaria a revista mensal “Almanaque Casseta Popular”. Em 1992, o “Almanaque” fundiu-se ao jornal de humor “O Planeta Diário”, resultando na revista “Casseta & Planeta”, que durou até 1995.
FEm 1992, Marcelo Madureira e seus colegas humoristas foram contratados pela Rede Globo para estrelar o humorístico “Casseta & Planeta Urgente” no horário nobre das noites de terça-feira.

|

Comentários no Facebook