TOPO

Dudu Azevedo mostra o rostinho do filho e encanta a web

por Redação / Publicado em terça-feira, 14 ago 2018 11:40 AM / / 68 views

Azevedo deixou seus seguidores do Instagram encantados na noite desta segunda-feira, 13, ao publicar uma nova foto onde mostra o rostinho do filho, Joaquim, fruto de seu casamento com a médica Fernanda Mader (veja o clique abaixo).
“Nasceu Joaquim! Dia 9 de agosto de 2018, fazendo de nossas vidas que já eram maravilhosas, ainda mais! Plenitude talvez chegue perto de ser a palavra. Nosso filho é fruto de um amor que chegou sem pedir licença e se legitimou amor verdadeiro desde sempre, em cada atitude, cada escolha, cada forma que se manifestou e se estabeleceu entre nós”, afirmou o intérprete de Jesus na nova novela bíblica da RecordTV.

O galã também falou sobre Pedro e Manuela, filhos do relacionamento anterior de Fernanda. “Eles ganharam um presente. Um irmão pra cuidar, ensinar e aprender. Joaquim é o maior presente que a vida me deu até hoje e juntos, nós cinco, somos o maior cosmo de amor que eu já vi. Te amo, meu filho! Obrigado por realizar esse sonho e me fazer querer tanto ser melhor, justificado em você”, declarou ele.
Por fim, Dudu citou um texto sobre paternidade escrito pelo poeta Gibran Khalil Gibran. Confira:

“Vossos filhos não são vossos filhos. São os filhos e as filhas da ânsia da vida por si mesma. Vêm através de vós, mas não de vós. E embora vivam convosco, não vos pertencem. Podeis outorgar-lhes vosso amor, mas não vossos pensamentos; Porque eles têm seus próprios pensamentos. Podeis abrigar seus corpos, mas não suas almas; Pois suas almas moram na mansão do amanhã, que vós não podeis visitar nem mesmo em sonho. Podeis esforçar-vos por ser como eles, mas não procureis fazê-los como vós, porque a vida não anda para trás e não se demora com os dias passados. Vós sois os arcos dos quais vossos filhos são arremessados como flechas vivas. O arqueiro mira o alvo na senda do infinito e vos estica com toda a sua força para que suas flechas se projetem, rápidas e para longe. Que vosso encurvamento na mão do arqueiro seja vossa alegria, pois assim como ele ama a flecha que voa, ama também o arco que permanece estável”.

|

Comentários no Facebook