TOPO

Comentário de Anitta sobre pessoas com hanseníase causa revolta na web

por Redação / Publicado em sexta-feira, 13 abr 2018 13:40 PM / / 259 views


Na última segunda-feira, 9, durante seu programa no Multishow, Anitta despertou a revolta da web ao fazer um comentário sobre Hanseníase, doença infecciosa, de evolução crônica causada pelo Mycobacterium leprae, microorganismo que acomete principalmente a pele e os nervos das extremidades do corpo. Durante o bate-papo com Maiara & Maraisa, a cantora soltou a seguinte pérola: “Eu queria dizer que minhas amigas são muito amigas mesmo. Para esse programa eu só convido gente que eu amo, não convido gente com hanseníase”.

Logo após a atração surgiram diversas criticas ao depoimento da cantora. “As declarações da cantora não contribuem para o combate à doença e alimenta o preconceito”, afirmou uma pessoa. “Quero acreditar que ela não falou por maldade, e sim por ignorância. É um exemplo do que a falta de informação pode gerar”, opinou outra.

Na quarta-feira, 11, o Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas Pela Hanseníase (Morhan) também se posicionou sobre o assunto e exigiu uma retratação. “Ao contrário do que a cantora sugere no programa, não há nenhum motivo para se evitar pessoas atingidas pela hanseníase”, afirmou a entidade em nota oficial divulgada em seu site.

Até a publicação desta matéria, Anitta não se pronunciou sobre o assunto. Veja a nota na íntegra:

“Em seu programa no Multishow, Anitta fez uma declaração lamentável, tentando “causar” reafirmando um preconceito infundado contra pessoas atingidas pela doença. Anitta não sabe, porque o desconhecimento de fato é o principal obstáculo à superação da hanseníase no Brasil, mas a cada ano 35 mil novos casos são diagnosticados no país, tornando o Brasil o campeão mundial em novos casos proporcionais da doença.

Essa altíssima incidência em nada é culpa das pessoas atingidas pela hanseníase: são o descaso do poder público, a falta de informação e as condições de vulnerabilidade social os principais fatores para que ela continue se propagando, mesmo tento cura e tratamento gratuito pelo SUS.

Ao contrário do que a cantora sugere no programa, não há nenhum motivo para se evitar pessoas atingidas pela hanseníase: assim que iniciado o tratamento, a doença deixa de ser transmissível.

Sabe o que as pessoas com hanseníase tem de sobra, Anitta? Muita garra para enfrentar o preconceito e para exigir seus direitos em um país que os nega diariamente. Quem perde ao não querer pessoas com hanseníase em seu programa é você, porque o nosso povo teria muito a ensinar sobre dignidade: protagonizamos a nossa própria luta com muito orgulho.

Nos entristece o fato de que uma mulher de origem periférica reproduza preconceitos, porque o nosso desejo é unir forças contra toda forma de discriminação. Somente unidos podemos superar o machismo, o racismo, a homofobia e o preconceito contra pessoas atingidas pela hanseníase.

Para seguirmos juntos, no entanto, é preciso que Anitta se desculpe e reconsidere a sua posição. Ajude-nos a contatá-la: Anitta, retrate-se!”

|

Comentários no Facebook