Vera Holtz montou seu enxoval para casamento desde os 6 anos, mas nunca se casou

por


Vera Holtz contou que guarda seu enxoval de casamento – que nunca aconteceu – desde quando tinha 6 anos de idade.

Segundo a atriz, em entrevista ao portal UOL, ela sempre soube que não ia se casar e já avisava seus pais desde quando morava em Tatuí, no interior de São Paulo.

“Sou de 1952. A cobrança começa quando sua mãe compra o primeiro percal, que é o tecido para fazer enxoval. Ou então quando ela separa os sacos de linho para bordar. Aprendi a bordar aos 6 anos para fazer o primeiro pano de prato, eu tenho esses panos até hoje… Com 12 anos já falei que não queria casar, falei: ‘Pode dar meu enxoval’, mas já estava pronto. Trouxe o enxoval como uma grande relíquia. Fico triste de usar meus lençóis, os panos de pratos bordados com os dias da semana, tenho muito pudor em mexer nas minhas relíquias, que hoje viraram uma obra de arte para mim”, disse a atriz.

Vera conta que até tentou se casar com o diretor Caco Coelho, seu parceiro entre 1985 a 1992, mas não teve coragem.

“Uma vez tentei casar com o Caco, mas cheguei até a porta do cartório em Copacabana e comecei a tremer. Fui ver como era o casamento, o que tinha que fazer para casar, a papelada que precisava. Pedi desculpas para o meu pai. O Caco sempre foi uma pessoa moderna, contemporânea, entendeu e disse: ‘Não precisa casar, Vera. Não precisamos ter essa escolha'”, lembra a atriz.

Vera também nunca quis ter filhos e sempre defendeu esse direito das mulheres.

“As pessoas me cobravam filhos, mas sempre falei: ‘Não é minha temática’. Sempre defendi muito as mulheres que não queriam ter filho. Sempre fui ambiciosa, não saía de casa a passeio. Não sabia que as barreiras eram tão grandes. Para mim, o obstáculo que viesse na frente, eu pulava”, finalizou.

Você também vai curtir