TOPO

Klebber Toledo interpretará, no cinema, goleiro da Chapecoense morto em queda de avião

por Redação / Publicado em sábado, 11 nov 2017 10:06 AM / / 176 views

Klebber Toledo interpretará o goleiro Danilo Padilha, da Chapecoense, morto na queda de avião que tirou a vida de dezena de jogadores de futebol e profissionais do esporte em novembro de 2016. Com direção de Thiago Di Melo, que também é cantor sertanejo, o longa-metragem “Goleiro” fará uma homenagem ao atleta. Neste mês, completa-se um ano da tragédia do voo para Medellín, na Colômbia, na Copa Sul-Americana de 2016.

— Arrepiado e sem palavras para descrever a emoção — confessou Klebber, que é surfista e já foi jogador de vôlei federado.

Na última terça-feira, o ator visitou a Arena Condá, em Chapecó, Santa Catarina, foi para o gol, agarrou chutes e posou onde o jogador treinou antes da tragédia. No estádio, ele também concedeu uma entrevista coletiva ao lado do diretor e de Dona Ilaídes, mãe do goleiro.

— Klebber já é meu filho. A sintonia entre nós dois foi muito grande. Já estamos trocando confidências e apelidos. O filme é uma homenagem e uma forma de garantir que a história do meu filho não seja esquecida, a luta dele para chegar na Chapecoense foi grande e o filme vai concretizar o que propôs em memória dele – destacou a catarinense.

O ator, por sua vez, mostrou que acompanhava a trajetória do clube nos campeonatos antes do acidente:

— Lembro do Danilo dando a coletiva aqui, depois de ter defendido os pênaltis (contra o Independiente)… A grande finalidade da gente (no filme) é emocionar, fazer pensar, criar para as pessoas abrirem o coração. Na hora que li a sinopse, fiquei totalmente arrepiado. Que oportunidade de mostrar o trabalho de um brasileiro vitorioso, história de superação, sem focar na tragédia! Foca na trajetória, na vitória, no esforço de um homem. Estamos falando de um ser humano que colocou o coração em tudo que fez.

Para as cenas no gol, Klebber diz que não pretende usar um intérprete que conheça o esporte:

— Sempre fui zagueiro ou goleiro. O ator para fazer um atleta tem que estar muito entregue. O atleta mata um leão por dia, se esforça, se machuca. Espero não usar dublê, não. Vamos trabalhar muito, aprender as quedas dos goleiros. Vou fazer. Quero que o Danilo esteja com a gente em todo momento. Cada trejeito, movimento, forma de olhar, o jeito de saltar… Vou estudar bastante.

 

|

Comentários no Facebook