Paula Fernandes diz que já chegou a parar de cantar por causa de depressão

Artista sertaneja participa do programa “Tamanho Família” e relembra fase difícil em sua vida (Divulgação/TV Globo/Raquel Cunha)

por
Artista sertaneja participa do programa “Tamanho Família” e relembra fase difícil em sua vida (Divulgação/TV Globo/Raquel Cunha)

A cantora Paula Fernandes, 32, participou do programa “Tamanho Família” neste domingo (7) e falou sobre a depressão que já enfrentou no passado. Segundo a famosa, ela quase desistiu da carreira artística por conta da doença.

“Cheguei a parar (de cantar) com 17, 18 anos. Fiquei bastante deprimida, entrei em depressão. E a gente sem grana. Voltamos todos para Minas Gerais sem onde cair morto e cada um foi morar em uma casa. Foi bastante difícil, mas para mim foi um grande aprendizado porque encarei a minha depressão como oportunidade. Aí que passei a conhecer a Paula Fernandes que sou hoje”, explicou. “Fiz tratamento com tarja preta, fui ao psicólogo, tive crise de pânico. Sentia muita culpa de tudo ter dado errado. Foi um processo doloroso”, desabafou ela na TV.

Paula Fernandes ainda disse que sempre contou com o apoio da mãe até conseguir se tornar uma artista de sucesso em todo o país. “Eu sempre acreditei em mim, mas principalmente a minha mãe. Um dia subindo uma rua olhei na vitrine um vestido maravilhoso. Olhei para minha mãe e perguntei: ‘Será que um dia vou conseguir comprar esse vestido?’. E ela: ‘Paula, você vai comprar não só esse, como vai poder comprar um bem mais legal que esse’. E eu dizia que a minha mãe era louca porque ela não tinha R$ 1 para me dar”, declarou.

Você também vai curtir