TOPO

Vida pós-BBB: Participantes têm cachê de até R$ 10 mil e ganham de tudo

de Redação / quinta-feira, 20 abr 2017 12:23 PM / / 104 views

O script é o mesmo há 17 anos. A cada edição do “Big Brother Brasil” 15 participantes, em média, entram na casa atrás de R$ 1,5 milhão e, claro, dos holofotes. O prêmio fica nas mãos de apenas um participante, mas todos ganham o crachá e as benesses de celebridade. Foi assim com os 245 brothers das edições passadas e, agora, com os 17 que acabaram de ganhar o predicado ex-BBB.

“Não pago mais nada na minha cidade, Maceió. Minto. Só pago gasolina porque ainda não achei um posto que queira me dar o combustível. Ganho presentes, faço permutas e também recebo cachê de presença VIP em eventos e desfiles na faixa dos R$ 4.000 a R$ 8.000”, conta Luiz Felipe, eliminado no terceiro paredão e que está de malas prontas para morar no Rio. “Quero aproveitar todas as oportunidades.”

Aproveitar as oportunidades é praticamente um mantra entre os ex-BBBs e Elis Nair, uma das vilãs da edição, canta com entusiasmo.

Nesta quinta-feira (20), ela vai se casar com direito à festa para 300 convidados. Tudo patrocinado por marcas de uma feira de noivas. Do vestido branco e longo à decoração, passando pelo buffet e até o book dos noivos. Produtora de eventos e cerimonialista há 13 anos, Ana Angélica Dutra calcula que a sister vai economizar, pelo menos, R$ 150 mil.


Elis vai ter um casamentão com Luiz Carlos. Tudo patrocinado por uma feira de noivas no Rio Imagem: Reprodução/Instagram/

“Estou falando de uma festa classe A, vestido assinado por um estilista top e todos os profissionais envolvidos de primeira linha. Uma recepção para 300 pessoas sai caro mesmo sendo organizada a preço de custo.”

Desde que deixou o “BBB17”, no quinto paredão e com a pecha de “agente do caos”, Elis não cansa de publicar nas redes sociais suas presenças VIPs em eventos pelo Brasil.

“A Elis é muito simpática, teve uma participação engraçada, mas não é aquela participante. Acredito que o cachê dela esteja na faixa dos R$ 2.500 ou ela topa só por permuta [receber o cachê em produtos]”, explica uma produtora de eventos, que há anos contrata ex-BBBs, e prefere não se identificar.

Há dez anos nesse mercado, ela garante que o status de ex-BBB caiu muito nos últimos cinco anos e que a situação, por conta da crise, é pior. “A maioria não quer pagar nada. Preferem fazer permutas, eles aceitam para movimentar as redes sociais e mostrar que estão trabalhando. Por tabela, eles geram mídia, conseguem matéria visando a possibilidade de um trabalho com cachê.”

Popzone entrevistou outra produtora, que também preferiu o anonimato, que confirmou o cachê cada vez menor para os participantes do “BBB”. “Teve gente que ganhou muito dinheiro, mas também teve gente que quase não lucrou porque não ‘aconteceu’ dentro da casa. Ainda se ganha uma coisinha aqui, outra ali e isso mais ou menos até agosto, no máximo outubro. Depois só fica quem bombou, quem construiu uma imagem fora do reality show e mesmo assim com valor baixo”, contou.

“Uma campeã recente e uma ex-BBB das mais famosas, que esteve em duas edições, foram contratadas pela minha empresa no final do ano passado para a inauguração de uma barbearia por R$ 2.000.” O acerto de uma presença VIP é de uma a três horas no local.

Eliminada na primeira semana e irmã da campeã Emilly, Mayla assume que nem escuta proposta de permutas. Seu negócio é trabalho com cachê.

“Não faço nada sem ganhar dinheiro. Tenho recebido muitos presentes, mas eu cobro para trabalhar. Graças a Deus estou fazendo muitos desfiles, presenças, campanhas, shows e viagens. Minha agenda tem eventos até o final do ano no Brasil todo e já tenho duas internacionais. Em julho, eu e Emilly vamos para a Disney e depois para Nova York levando grupos de uma agência de turismo”, conta Mayla, que não quis revelar quanto cobra por trabalho. “Isso não se fala abertamente.”

O Popzone apurou que o cachê da vice-campeã deste ano, Vivian, gira em torno de R$ 10 mil. Rodrigo Andrade, amigo e assessor de Vivian, não confirma nem nega o valor. Além disso, em uma semana, ela ganhou praticamente um novo guarda-roupa, que inclui vestido de festa, roupas mais casuais, maquiagem e produtos beleza, bolsas e todo tipo de bijuteria.

“É mais ou menos por aí. A Vivian não está focando nisso agora, ela quer curtir o momento com a família e os amigos. Só que a vida aqui está uma loucura porque ela não consegue sair sem criar um tumulto [risos]. Na semana que vem, ela vai sentar, começar a planejar uma agenda e ver as propostas. Ela tem noção de que pode faturar muito aqui, mas tem os pés no chão e, como ela mesmo vem repetindo, quer agarrar todas as chances de uma ex-BBB.”

 


Vice-campeã do “BBB17”, Vivian tem sido recepcionada por dezenas de fãs no lugares públicos de Manaus Imagem: Reprodução/Instagram

Comentários no Facebook

Anuncie | Expediente | Contato