Emilly e Marcos fazem barraco ao vivo e clima fica tenso no ‘BBB 17’

Reality teve desentendimentos, acusações e choro do participante Ilmar que ameaçou deixar o programa (Reprodução/TV Globo)

por
Reality teve desentendimentos, acusações e choro do participante Ilmar que ameaçou deixar o programa (Reprodução/TV Globo)

A noite desta segunda-feira (3) foi de tensão na casa do “Big Brother Brasil”. Ao vivo, o reality da TV Globo apresentou o seu tradicional “Jogo da Discórdia” e deixou os participantes com os nervos à flor da pele. Marcos e Emilly não conseguiram segurar o nervosismo e protagonizaram diversas discussões durante a exibição do programa.

Em determinado momento, o casal acusou a produção de ter planejado o game com a participação dos já eliminados Roberta, Pedro, Rômulo e Daniel somente para prejudicá-los. “É tudo em cima da gente. Esse jogo é para nos prejudicar”, disparou a gêmea questionando a razão de não terem chamado o Luiz Felipe para participar. O apresentador Tiago Leifert explicou que foram convocados somente os quatro últimos eliminados e que era para ela e Marcos se acalmarem. “Vocês estiveram muito presentes no jogo nas últimas semanas. Por favor, se acalmem”, pediu o global.

Outro momento de destaque da lavagem de roupa suja do “BBB 17” foi quando Marcos comentou que Ilmar foi procurado pela polícia dentro do confinamento por ter atrasado a pensão alimentícia do filho dele. Tiago Leifert novamente se posicionou e desmentiu o fato. “Isso que você disse é muito grave. A polícia nunca esteve aqui”, garantiu ele. Após a acusação do brother, Ilmar chorou e ameaçou deixar a atração. “Vou sair daqui, quero ver meu filho”, disse ele com bastante emoção. “Se acalme. Está tudo bem com seu filho e o Brasil todo sabe que isso que o Marcos disse não é verdade”, declarou Tiago na TV.

Você também vai curtir