Corpo do cantor Jerry Adriani é velado no Rio de Janeiro

Representante da jovem guarda, artista faleceu neste domingo (23) depois de lutar contra um câncer (Reprodução/Facebook/Jerry Adriani)

por

Na tarde deste domingo (23), morreu o cantor Jerry Adriani. O músico de 70 anos que era um dos ídolos da Jovem Guarda estava internado há algumas semanas no Hospital Vitória, no Rio de Janeiro, e lutava contra um câncer.

Segundo o portal “G1”, o corpo de Jerry Adriani será velado na manhã desta segunda-feira (24) no Cemitério Francisco Xavier, no Caju, Zona Portuária do Rio de Janeiro. O enterro acontecerá a partir das 17 horas, no mesmo local.

Após procurar ajuda médica em março por conta de uma trombose, o artista descobriu que estava com câncer e que a doença já havia se espalhado por vários órgãos. Há alguns dias, familiares do famoso comentaram sobre o estado de saúde dele. “Jerry Adriani, de 70 anos, e família vêm informar aos fãs, familiares amigos e imprensa, que encontra-se em tratamento contra a doença câncer descoberta após uma série de exames, ao longo das últimas semanas após ter dado entrada no hospital em março com um quadro de trombose venosa profunda. Jerry está começando tratamento para controle desta patologia. Pedimos a todos que independentemente de seus credos solicitem força e pronto restabelecimento ao querido amigo e cantor“, dizia a nota divulgada pela imprensa.

Nascido no dia 29 de janeiro de 1947 no bairro do Brás, em São Paulo, o cantor iniciou na carreira artística em 1964 e além de fazer sucesso na música, também foi apresentador e ator. Pai de três filhos, o músico estourou nas décadas de 60 e 70 e um dos seus maiores hits da sua trajetória foi a canção “Doce Doce Amor”.

Corpo do cantor Jerry Adriani é velado no Rio de Janeiro

Você também vai curtir