TOPO

Remake de ‘Mulan’ não será um musical como ‘A Bela e a Fera’

de Redação / segunda-feira, 20 mar 2017 14:13 PM / / 285 views

Depois que “A Bela e a Fera” ganhou um remake com atores reais, chegou a vez de “Mulan”, outro clássico da Disney. Mas, ao contrário do musical estrelado por Emma Watson e Dan Stevens, a versão em live-action da guerreira chinesa não terá as canções como na animação de 1998.

Segundo a diretora do filme, Niki Caro, que concedeu uma entrevista ao site “Movie fone”, o longa será bem extravagante e focado no poder feminino. “Para o meu entendimento, não haverá músicas até o momento, para a tristeza dos meus filhos”, afirmou Niki.

A cineasta neozelandesa será a primeira mulher a comandar um longa-metragem da safra de remakes da Disney. Os filmes anteriores, como “Alice no país das maravilhas” (2012), “Malévola” (2014), “Cinderela” (2015), “Mogli: O Menino Lobo” (2016) e “A Bela e a Fera” (2017), foram todos dirigidos por homens.

PUBLICIDADE

Além do remake da Disney, a Sony também está adaptando a sua própria versão de “Mulan”. Alex Graves, que já trabalhou em seis episódios de “Game of thrones”, é o responsável pela produção.

O desenho animado de 1998, dirigido por Tony Bancroft e Barry Cook, mostra uma jovem que se disfarça de homem para tomar o lugar do pai no exército e ir para a guerra no lugar dele. Com a ajuda de seu companheiro dragão, Mushu, ela se torna uma guerreira habilidosa e, depois, uma das grandes heroínas do país. O filme arrecadou U$ 304,3 milhões no mundo todo, teve indicações para o Oscar, levou o Globo de Ouro e rendeu uma sequência, lançada diretamente em DVD em 2005.

Comentários no Facebook

Anuncie | Expediente | Contato