TOPO

Relembre grandes momentos de Roger Hodgson no Supertramp

por Marta Lima / Publicado em sábado, 04 mar 2017 12:00 PM / / 180 views

Cantor e autor de vários dos hits da banda volta ao Brasil nesse mês

Roger Hodgson

Apesar de nunca ter sido uma banda do tipo “cool”, é inegável o poder que as canções do Supertramp tiveram em atravessar décadas. O fato é que as músicas da banda ainda cativam tanto o público mais velho, aquele que cresceu ouvindo o grupo seja nas rádios ou nos toca-discos, quanto uma geração mais nova, que enxergou nos álbuns do grupo gravados nos anos 70, um enorme talento para a melodia arranjo e composição.

Supertramp
O Supertramp, com Roger Hodgson ao centro

Assim como nos Beatles, o Supertramp funcionava a partir de duas mentes bem distintas, ambos tecladistas e vocalistas. Rick Davies, o de tom mais grave, era mais fã de Rhythm’n’Blues e música negra em geral, enquanto Roger Hodgson, a “voz fina” como dizia uma anúncio publicado nas revistas de música brasileiras nos anos 80, tinha predileção pelos Beatles e outras bandas com foco nas melodias.

Juntos, eles criaram uma série de álbuns que se tornaram grande sucessos de vendas e emplacaram vários sucessos nas paradas, que ainda hoje são bastante ouvidos nas emissoras de flashback.

Supertramp

Hodgson deixou a banda em 1983, e partiu para a carreira solo enquanto o grupo seguiu sem ele. Como o Supertramp está em hiato – Davies está se tratando de um mieloma múltiplo, o que adiou o retorno ao palco deles previsto para 2015 – os shows de Hodgson são a única opção para quem quer ouvir as canções do grupo na voz de um de seus fundadores.

O cantor e tecladista retornará em breve ao país para uma série de shows pelo país em shows em que quase todo o repertório é dedicado ás canções da banda banda que o consagrou. As datas são as seguintes: São Paulo (Citibank Hall – 15/03 ingressos aqui), Florianópolis (Centro Sul – 16/03 ingressos aqui), Vitória (Arena Vitória – 18/03, ingressos aqui), Porto Alegre (Pepsi On Stage – 21/03, ingressos aqui), Brasília (Net Live – 23/03 ingressos aqui), Belo Horizonte (BH Hall – 25/03, ingressos aqui) e Rio de Janeiro (Metropolitan – 26/03, ingressos aqui).

Relembre alguns dos grandes momentos do Supertramp compostos por Roger Hodgson:

Dreamer” – 1974
O maior sucesso de “Crime Of The Century”, o terceiro álbum e o que tornou a banda popular com sua mistura de pop e rock progressivo. “Dreamer“, tem uma melodia cativante, quase infantil – o que faz dela também muito popular entre as crianças. A versão original chegou ao 13° posto da parada britânica. Nos EUA, o single com a gravação ao vivo lançada em 1980 ficou no 15° posto.

A versão abaixo foi gravada em um show recente de Hodgson


Give a Little Bit” – 1977
Presente no álbum “Eevn in The Quietest Moments”, essa faixa, marcada pelo riff de violão e outra melodia poderosa, foi a primeira do gripo a chegar no top 20 americano – no 15° posto mais especificamente.

Essa versão foi gravada em um concerto feito em homenagem à Princesa Diana em 2007 no estádio de Wembley em Londres


The Logical Song” – 1979
O Supertramp atingiu o megaestrelato com “Breakfast in America”, que vendeu mais de 6 milhões de cópias nos EUA e se tornou um dos cinco discos mais vendidos na história da França. O grande hit do álbum foi “The Logical Song“, que ficou no sexto lugar na parada americana.

Veja o clipe original da faixa:


It’s Raining Again” – 1982
Apesar de não muito inspirado, “…Famous Last Words…”, o derradeiro álbum de Hodgson na banda, rendeu pelo menos dois grandes singles: “My Kind Of Lady” (de Davies) e “It’s Raining Again” de Hodgson, que chegou ao 11° lugar da parada americana e foi o último hit incontestável deles.

Veja o clipe original:

Fonte: Vagalume

|

Comentários no Facebook